Secretária do Tesouro dos EUA Yellen: Cripto não é opção adequada para aposentadoria

Janet Yellen, Secretária do Tesouro dos EUA, acredita que as pessoas não devem confiar em investir em criptomoedas. Segundo ela, as criptomoedas não devem ser parte de qualquer estratégia de aposentadoria.

Yellen afirma que a classe de ativos é “muito arriscada” e não serve para aposentadoria. De acordo com Yellen, o Congresso americano deve inclusive aconselhar a sociedade sobre este perigo.

“Para mim, é um investimento muito arriscado”, disse.

Assim, a política americana Janet Yellen não se encaixa no perfil de apoiadora do setor de criptomoedas. Como tal, não é de admirar que ela tenha alertado as pessoas que não devem investir em ativos digitais.

“Não é algo que eu recomendaria para a maioria das pessoas que estão economizando para a aposentadoria”, afirmou.

Além disso, a secretária do Tesouro opinou que seria sensato se o Congresso abordasse que o tema com mais veemência.

“Não estou dizendo que recomendo, mas isso, na minha opinião, seria uma coisa razoável”, declarou.

Em abril deste ano a Fidelity Investments anunciou que permitirá que os investidores adicionem Bitcoin na aposentadoria. Assim, Dave Gray, um alto executivo da empresa, explicou a decisão:

“A Fidelity acredita que a tecnologia blockchain e os ativos digitais serão uma parte muito maior do futuro”, afirmou.

No caso de Janet Yellen, a americana opinou sobre o setor de criptomoedas várias vezes.

Bitcoin não

Porém, na maioria das vezes, sua opinião foi predominantemente negativa. Assim, dois anos atrás, ela argumentou que o Bitcoin e as altcoins poderiam fornecer certos benefícios para o sistema.

Mas, ao mesmo tempo, poderiam ser usados ​​para atividades de financiamento de terrorismo e lavagem de dinheiro. Pouco depois, Yellen rotulou o BTC como um ativo altamente especulativo ineficiente para transações.

No verão passado, ela pediu às autoridades que implementassem regulamentações urgentes sobre stablecoins. Apesar de sua postura anti-cripto, esse não é o caso das moedas digitais do banco central (CDBCs).

Assim, em abril, ela afirmou que tal produto poderia ajudar o dólar a permanecer como moeda de reserva mundial. Além disso, Yellen acha que os CBDCs serão uma opção de método de pagamento muito melhor do que o Bitcoin. Assim, segundo ela, o BTC tem alta volatilidade de preços, “taxas altas e tempos de processamento mais lentos”.

Leia também: STEPN lança exchange descentralizada Dooar

Leia também: Jogo move-to-earn, Genopts, anuncia airdrop e lançamento de tokens KI

Leia também: Do Kwon sacava R$ 400 milhões em LUNA e UST por mês antes do colapso, diz relatório

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.