Gestora brasileira Hashdex vai lançar produtos cripto na bolsa da Suíça

A gestora brasileira de criptoativos Hashdex recebeu autorização para listar produtos negociados em bolsa (ETPs) na bolsa SIX na Suíça.

Conforme destacou um comunicado da empresa publicado nesta segunda-feira (25), sua entrada no “Swiss Crypto Valley” vai acelerar seu alcance internacional por meio de produtos e serviços regulamentados e de nível institucional que visam conectar investidores suíços e europeus à economia cripto.

Atualmente, a gestora com foco em criptomoedas atende mais de 250.000 investidores institucionais e privados. Além disso, possui cerca de US$ 1 bilhão em ativos sob gestão.

Segundo o cofundador e CEO Marcelo Sampaio, a empresa foi criada para oferecer exposição simples e segura aos criptoativos.

“Nossa abordagem ao gerenciamento de criptoativos nos permitiu nos tornar o maior gestor global de criptoativos da América Latina em apenas alguns anos.”

Hashdex mira expansão internacional

A Hashdex desenvolveu seu principal produto em parceria com a Nasdaq. Então, em 2021, a gestora lançou o primeiro ETF lastreado em criptomoedas do mundo, o Hashdex Nasdaq Crypto Index ETF.

Além disso, a empresa lançou o primeiro ETF do mundo focado em DeFi, o DEFI11, e o ETF de contrato inteligente WEB311.

De acordo com a gestora, essas ofertas são fornecidas em parceria com os principais custodiantes internacionais e auditores. Dessa forma, o objetivo é garantir a segurança dos investidores institucionais.

“À medida que a indústria de criptoativos entra em um estágio novo e mais maduro de sua história, os investidores têm o direito de esperar a mais alta qualidade e um maior nível de diversidade de produtos do que em seus primeiros dias”, disse Bruno Sousa, chefe de expansão global da Hashdex.

Ainda segundo o executivo, inicialmente, as soluções da Hashdex serão disponibilizadas na Suíça. Mas, em breve, os produtos serão levados a outros investidores europeus.

“A Suíça oferece uma estrutura legal favorável aos criptoativos. E é um passo crucial em nosso desenvolvimento global”, acrescentou Sousa.

Recentemente, a gestora nomeou Laurent Kssis, líder de ETP e ETF de criptomoedas, como diretor administrativo e chefe europeu. Ele será o responsável por liderar a expansão europeia da empresa.

Hoje, a gestora tem mais de 90 membros da equipe de tecnologia e finanças no Rio de Janeiro, Nova York e Zurique.

Mas a empresa não vai parar por aí. A Hashdex está recrutando talentos em Londres, Zurique, Paris e Lisboa para apoiar sua expansão global.

“Nossa abordagem temática, que em breve será aprimorada com vários novos produtos listados em vários mercados regulamentados europeus, atrairá investidores institucionais familiarizados com estruturas convencionais de ETFs”, disse Kssis.

Leia também: Finalistas do ‘BBB’ participam de experiência no metaverso

Leia também: Shiba Inu lança sistema de queima e recompensa para detentores de tokens SHIB

Leia também: México vai lançar moeda digital nacional em até 3 anos e quer regular criptomoedas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.