Exchange de criptomoedas Ripio se associa à ABCripto

O Grupo Ripio, dono da exchange de criptomoeda de mesmo nome, é o mais novo associado da Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto), entidade que representa o setor de ativos digitais no país. De acordo com um comunicado, o Grupo Ripio vai ajudar a construir um mercado cripto mais saudável no Brasil.

Segundo Rodrigo Monteiro, diretor-executivo da ABCripto, a associação recebe a Ripio com grande entusiasmo:

“[A Ripio] se junta a nós para a construção de um mercado saudável para empresas, reguladores e pessoas que atuam com iniciativas em blockchain ou criptoativos no Brasil. É uma união de forças para disseminar boas práticas e proteger os usuários e os patrimônio confiados às empresas do setor”, destacou 

Ripio reingressa na ABCripto

Conforme destacou a ABCripto, a Ripio já integrou os quadros da associação até março de 2021. E agora retorna à associação em meio a um contexto de amadurecimento do mercado brasileiro.

Para Henrique Teixeira, Country Manager do Grupo Ripio, a empresa entende que esse é o melhor momento para unir forças e contribuir com o fortalecimento do ecossistema cripto.

Ele ressaltou ainda que o ano de 2021 foi extremamente importante para a companhia. Afinal, foi no ano passado que a Ripio comprou a exchange BitcoinTrade e passou por uma rodada de investimento série B:

“Com essas expansões, estamos ampliando a nossa presença no Brasil. Dessa forma, voltar à ABCripto é uma decisão estratégica, até para que possamos contribuir decisivamente para o fomento dessa indústria no Brasil, como já fazemos em outros mercados em que atuamos, de forma reconhecida por grandes instituições globais, como o Fórum Econômico Mundial (WEF)”, completou.

O Grupo Ripio possui hoje mais de 3 milhões de usuários. Além disso, opera no Brasil, Argentina, México, Uruguai, Colômbia, Estados Unidos e Espanha. 

Além da plataforma Ripio, o Grupo possui a exchange BitcoinTrade e oferece Serviço de OTC. Entre seus principais investidores estão alguns nomes de destaque como Tim Draper, Digital Currency Group e Medici Ventures.

Agora, com o ingresso do Grupo Ripio, a ABCripto passa a contar com dez membros. São eles: Foxbit, Mercado Bitcoin, NovaDax, Bit Blue, Alter, Easy Cripto, Travalex Bank, Uniera e OWS Brasil.

O objetivo da ABCripto é melhorar o ambiente de negócios nacional, representando os interesses dos participantes do mercado.

Ao mesmo tempo, a associação colabora para construir um marco regulatório que fomente a inovação e garanta direitos dos investidores.

Leia também: Fidelity oferecerá inclusão de Bitcoin em planos de aposentadoria

Leia também: “Criptomoedas são fantasia”, afirma maior investidor do Brasil

Leia também: Ronaldinho Gaúcho entra na Web3 com lançamento do token $RON

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.