Com mais inflação, mais juros e menos PIB, perspectiva para o Brasil piora diz Ativa Investimentos

Embora as criptomoedas não sejam correlacionadas com o mercado de ações, e não estejam ligadas às influências de políticas macroeconômicas, para os investidores no Brasil, as políticas econômicas nacionais impactam o valor de dólar e, consequentemente, o valor do BTC.

Para entender quais são as perspectivas do mercado para esta semana, o CriptoFácil conversou com Etore Sanchez. O economista-chefe da Ativa Investimentos destacou um cenário negativo para o país no período.

Sanchez afirmou que o IPCA de 2021 teve suas expectativas elevadas em 42 bps., para 8,00%. E, segundo ele, o aumento expressivo nos últimos dias foi motivado em grande parte pela surpresa altista observada no IPCA de agosto (cerca de 20bps).

“Nós, da Ativa Investimentos já havíamos revisado nossa projeção e estimamos inflação de 8,3% para esse ano. Para 2022, pudemos observar o avanço nas expectativas de 3,98% para 4,03%, acima da meta de 2022 de 3,5%. Enquanto isso, estimamos alta de 3,7%, pouco acima da meta de inflação para 2022”, disse.

Em relação a taxa de juros, o mercado alterou a estimativa mediana de juros que estavam em 7,63% e 7,75% para 8,00%. Isso inclui tanto 2021 quanto 2022.

“Assim, o Focus vem sistematicamente convergindo para a nossa expectativa de 8,50% em 2021 e 2022”, afirmou.

PIB

Conforme observou Sanchez, o PIB segue apresentando queda ao reduzir as perspectivas para 2021 em 11 bps., passando para 5,04%.

“Nós, da Ativa Investimentos, temos projeção de 4,6% em 2021. Para 2022, as projeções caíram mais fortemente, para 1,72% ante 1,93% anteriormente projetados. Também se aproximando da nossa expectativa de 1,6%”, destacou.

Ainda segundo ele, a perspectiva econômica para o Brasil está pior, com mais inflação, mais juros e menos PIB.

Sobre a inflação mensal, ele destacou que a perspectiva para o IPCA de setembro avançou para 0,78% vindo de 0,61%. Isso está abaixo da expectativa ajustada para o mês (1,05%).

“Com relação a outubro, as projeções aumentaram para 0,44%, vindo de 0,42%, em linha com nossa expectativa. Por fim, em novembro de 2021 o mercado prevê elevação de 0,40% no mês, pouco abaixo da nossa expectativa de 0,43%.

Sanchez comentou o leilão de LFTs na semana passada.

“Com o avanço da inflação e das expectativas para 2022, somado ao compromisso do BC em honrar a meta de inflação para o próximo ano, a Selic fica sem teto e as LFTs deverão ser fortemente demandadas”, finalizou

Leia também: Coinbase quer levantar US$ 1,5 bilhão em venda de títulos

Leia também: Protocolo DeFi da Avalanche perde R$ 15 milhões em ataque hacker

Leia também: Bitcoin sobe 2% e mercado de criptomoedas apresenta melhoras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.