Apenas 30% da população de El Salvador confia no Bitcoin, relata pesquisa

O Instituto Universitário de Opinião Pública (Iudop) da Universidade Centro-Americana José Simeón Cañas (UCA) publicou em 14 de janeiro um relatório com os resultados de uma pesquisa sobre o que os cidadãos de El Salvador pensam do Bitcoin (BTC).

Assim, quatro meses após a implementação do Bitcoin como moeda oficial de El Salvador, o instituto identificou que os salvadorenhos não confiam muito no BTC.

Portanto, o estudo revelou que somente 14,1% têm confiança absoluta no BTC, 34,8% não confiam em nada e o restante está em uma posição intermediária.

Assim, o estudo revelou também que cerca de 22% da população do país nem sabe o que é Bitcoin, apesar de o governo ter até dado BTC de graça para os cidadãos do país.

Segundo as instituições que realizaram o estudo ele foi realizado com 1.298 habitantes entre 7 e 17 de dezembro, que ele considera representativo de todo o país com uma confiabilidade de 95%.

El Salvador

O estudo revelou que a maioria dos entrevistados acredita que a Lei do Bitcoin beneficia mais os ricos, o governo, investidores estrangeiros e empreendedores do que as pessoas.

Assim quase 80% dos salvadorenhos afirmam que sua economia familiar não mudou desde a aprovação do Bitcoin como moeda legal.

Portanto, seguindo esta linha, 60% acreditam que a iniciativa também não teve impacto na situação econômica do país. Embora curiosamente as expectativas sejam maiores para o futuro. Aqueles que acreditam que continuará igual em 2022 são apenas 24,3%. O resto é igualado entre aqueles que acreditam na melhoria, em oposição àqueles que pensam o contrário.

Assim, a pesquisa estimou que apenas um quarto da população de El Salvador usou Bitcoin para comprar ou pagar algo desde que foi implementado como moeda legal no país.

No entanto, pouco mais da metade baixou a Chivo Wallet, a plataforma criada pelo governo para trocar criptomoedas.

Assim, daqueles com o aplicativo Chivo Wallet, quase metade diz que o usa ativamente, mesmo uma vez por mês. Aqueles que o usam várias vezes por semana são 1 em cada 10 pessoas.

Além disso, 6 em cada 10 habitantes discordam ou discordam fortemente que o governo tenha gasto mais de US$ 70 milhões de dinheiro público para comprar Bitcoin ou promover seu uso no país.

Leia também: Guild of Guardians: Jogo NFT ainda no início

Leia também: “Primoverso”: Primo Rico abre concurso e oferece até R$ 3.000 para artistas do Metaverso

Leia também: Binance anuncia queima de 1.684.387 BNBs como parte da queima trimestral 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.