Yuga Labs, criadora do Bored Ape Yacht Club, atinge avaliação de US$ 4 bilhões

Não é só o preço da coleção de NFTs Bored Ape Yacht Club (BAYC) que está em alta. A avaliação da Yuga Labs, desenvolvedora da popular coleção de tokens não fungíveis, também disparou.

Isso porque, após arrecadar US$ 450 milhões em uma rodada de financiamento, o valuation da empresa saltou para US$ 4 bilhões.

A rodada de financiamento foi liderada pela empresa de capital de risco Andreessen Horowitz, que tem se envolvido com investimentos ligados à Web3.

“A adoção mainstream na web3 está acelerando na velocidade da luz. E a Yuga está na vanguarda da fusão de cultura e inovação para que todos possam entrar no metaverso. Estamos entusiasmados em investir nesta equipe brilhante e em sua visão, e ajudar a forjar a próxima fronteira do entretenimento de propriedade da comunidade”, disse Chris Lyons, sócio geral da a16z crypto.

Além disso, também fizeram aportes Animoca Brands, LionTree, Sound Ventures, Thrive Capital, FTX, MoonPay e outros.

Além da BAYC, a Yuga Labs também possui a propriedade intelectual da coleção CryptoPunks e Meebits. Sendo que BAYC e CryptoPunks são algumas das coleções de NFTs mais valorizadas do mercado. Elas têm valores de mercado de US$ 3,04 bilhões e US$ 2,15 bilhões, respectivamente, de acordo com o DappRadar.

Yuga Labs

De acordo com a Yuga Labs, os recursos arrecadados serão usados para expandir as equipes e financiar desenvolvimentos futuros, incluindo o metaverso Otherside.

Conforme noticiou o portal The Verge, a empresa pretende lançar um mundo virtual do tipo MMORPG totalmente descentralizado. 

A previsão, segundo a empresa, é que o metaverso Otherside seja lançado em abril. A iniciativa é resultado de uma parceria com a editora de jogos blockchain Animoca Brands, proprietária do The Sandbox.

Na semana passada, a Yuga apresentou uma prévia do Otherside com os heróis dos projetos NFTs BAYC, CryptoPunks e Meebits.

Token ApeCoin (APE)

Ainda, em 17 de março, a Yuga Labs lançou o token ApeCoin (APE), que será o principal ativo do ecossistema do projeto NFT.

A Revista TIME prontamente aderiu ao projeto e passou a aceitar pagamentos em ApeCoin para assinaturas digitais.

No momento da escrita desta matéria, o criptoativo está custando US$ 12,45, após saltar quase 15% nas últimas 24 horas.

Gráfico de preço de APE. Fonte: CoinMarketCap

Leia também: Protocolo DeFi baseado em Solana sofre hack milionário e stablecoin vai a zero

Leia também: Fundador da Terra pode comprar R$ 15 bilhões em Bitcoin e mudar ecossistema da blockchain

Leia também: OCDE divulga regras para compartilhamento mundial de informações dos usuários de criptomoedas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.