Tether contrata empresa para fazer auditoria completa de suas reservas

Para espantar os rumores a respeito da qualidade de suas reservas, a Tether Limited revelou que passará por uma auditoria completa. De acordo com Paolo Ardoino, diretor de tecnologia da empresa, uma importante empresa de contabilidade fará a auditoria da empresa.

Ardoino confirmou a informação ao site Euromoney, mas não informou o nome da empresa. O executivo disse apenas que será uma das 12 maiores empresas de contabilidade do mundo.

A princípio, a Tether desejava trabalhar com o chamado Big Four (EY, PwC, Delloitte e KPMG), as maiores empresas de auditoria do mundo. No entanto, o CEO disse que todas estão receosas de entrar no mercado de criptomoedas enquanto não houver regulamentação.

“É uma das 12 maiores, então não é tão ruim. Os quatro grandes são um pouco mais cautelosos em fornecer uma auditoria completa quando as regras não são claras”, disse Ardoino.

Eliminando riscos

Realizar uma auditoria foi uma das maiores exigências dos usuários da Tether nos últimos anos. De fato, até os órgãos reguladores dos Estados Unidos exigiram que a empresa revelasse os ativos que dão lastro às suas stablecoins.

Meses atrás, rumores apontavam que a USDT tinha lastro em ativos de alto risco, como papéis de dívida de alto risco. Conforme os rumores, esses papéis representariam uma grande parte do lastro da USDT.

Se isso fosse verdade, o lastro da USDT corria um elevado risco de ruir. Contudo, a Tether negou com firmeza estes rumores. A empresa disse que papéis de dívida chineses não fazem parte relevante de suas reservas.

Os papéis comerciais são uma forma de dívida de curto prazo sem garantia emitida por empresas e instituições financeiras para fazer frente a passivos e são geralmente vendidos com desconto.

Atualmente, a Tether disponibiliza relatórios de auditoria trimestrais em seu site, inclusive com a composição de suas reservas. Mas a comunidade ainda não se sente segura e considera o processo simples demais. Por isso, a Tether busca novas formas de garantir segurança ao mercado.

Tether honra saques em momento de queda

A USDT é a maior stablecoin por valor de mercado e visa permanecer atrelada ao dólar americano. Isto é, o preço da USDT deve se manter sempre igual ou próximo de US$ 1,00.

Contudo, o preço da stablecoin teve diversos momentos de perdas maiores da paridade. Por exemplo, durante a crise da stablecoin da Terra (UST) em 12 de maio, o preço da USDT caiu para US$ 0,97. O momento do mercado impactou várias stablecoins.

Mesmo agora, no momento da escrita deste texto, a USDT vale cerca de US$ 0,998. Ou seja, pouco abaixo da paridade.

Diante disso, os investidores resgataram bilhões em USDT nas últimas semanas. Conforme dados do CoinMarketCap, a USDT perdeu US$ 6 milhões em valor de mercado, caindo de US$ 73 bilhões para US$ 67 bilhões nas últimas semanas.

Mas Ardoino observa, no entanto, que a Tether nunca negou pedidos de resgate de US$ 1.

“Mostramos que no pior cenário – quando a UST estava desmoronando, todo o mercado de criptomoedas desmoronando e o mercado de ações caindo – recebemos uma tonelada de pedidos de saques e os honramos em poucos minutos”, disse.

Leia também: MATIC salta 30% após anunciar neutralidade de carbono e lançar Polygon ID

Leia também: Binance distribuirá R$250 mil em tokens BUSD em sua nova promoção

Leia também: Bitcoin provavelmente configurado para ‘reversão média’ em breve, sugere Lead Insights Analyst

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.