Sistema de recompensas da Shiba Inu começará em 17 de maio

Em abril, o CriptoFácil noticiou que a Shiba Inu (SHIB) estava preparando um sistema de queima de tokens e recompensas. Agora, a equipe por trás da popular criptomoeda-meme revelou que o sistema começa a funcionar em 17 de maio.

De acordo com um tuíte publicado na terça-feira (3), esta vai ser a data de início do ciclo de recompensas. A partir daí, as recompensas serão distribuídas em ciclos de duas semanas.

“Aqui está uma atualização rápida em relação ao ciclo de recompensa. As recompensas estarão disponíveis no dia 17 de maio e continuarão a cada duas semanas. Estamos empolgados em ver a quantidade de uso que o portal trouxe para a comunidade”, disse a equipe.

Redução de ofertas e recompensas

No final de abril, a Shiba Inu introduziu um portal de queima de tokens. Intitulado Shibaburn, o mecanismo permite que os detentores destruam permanentemente seus tokens SHIO.

Isso tem como objetivo reduzir a oferta circulante, que é a maior entre as criptomoedas do Top 20. De acordo com o CoinMarketCap, existem mais de 549 trilhões de SHIB em circulação no mercado. Como resultado, cada unidade não chega a valer nem US$ 0,01.

As queimas de tokens já começaram desde o final de abril, e cerca de 12 bilhões de SHIB foram queimados até o dia 25. Ao fazer a queima, os usuários “sacrificam” seus SHIB, mas ganham como recompensa a possibilidade de gerar renda passiva. E é nesse sentido que funciona o sistema de recompensas que será lançado este mês.

Queime SHIB, ganhe renda passiva

As recompensas serão disponibilizadas a todos os usuários que queimarem seus SHIB através do Shibaburn. O processo é similar ao que ocorre a outras queimas de tokens, com os usuários enviando seus SHIB para um endereço fornecido no portal.

Este endereço não possui chave privada nem pode realizar transações de envio. Ou seja, ao colocar seus SHIB lá, os usuários as perdem para sempre. O ato elimina esses tokens do mercado e reduz a oferta total, tornando o SHIB mais escasso.

Em troca do envio dos tokens, os usuários receberão outro token chamado burntSHIB, cuja distribuição se dará na mesma proporção dos SHIB queimados. Isto é, se alguém queimar 1.000 SHIB, receberá 1.000 burntSHIB em troca.

Os proprietários do burntSHIB poderão auferir renda passiva recebendo outro token, o Ryoshi Rewards (RYOSHI). Quem possui burntSHIB receberá 0,49% de todas as transações feitas com o RYOSHI. É justamente esta distribuição que começará a partir de 17 de maio.

“Este portal foi construído para recompensar os queimadores de SHIB, com um reconhecimento de renda passiva na forma de Ryoshi Rewards. Significando que 0,49% de todas as transações com RYOSHI serão distribuídas aos proprietários do burntSHIB”, afirma a equipe da SHIB.

Leia também: App de corridas 99 passa a oferecer serviço de compra e venda de Bitcoin 

Leia também: Dois sinais de ‘compre na queda’ sugerem alta de 23% para ApeCoin, diz analista

Leia também: Descaso da Yuga Labs pode comprometer futuro do Otherside? Entenda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.