Shiba Inu sobe 12%, SLP sobe mais 30% e chega ao record de preço. Bitcoin, Ethereum, Solana e outras criptomoedas têm alta de até 4%.

O mercado de criptomoedas voltou a subir novamente na manhã desta quinta-feira (10), após a Russia declarar que deseja regular e não banir as criptomoedas do país. Por volta das 8h, todas as criptomoedas, incluindo o Bitcoin, Solana e Shiba Inu, estavam com saldo positivo.

Entre as criptomoedas que mais subiram, se destaca a Shiba Inu. A moeda meme, que já subiu 62% nos últimos 7 dias, subiu mais 4,7% nas últimas 24 horas. De acordo com a CoinGecko, o preço atual da SHIB é de US$ 0,00003336.

Já o Bitcoin, principal criptomoeda do mercado, subiu mais 2,6%, chegando ao nível de US$ 44 mil. Após subir 22% nesta semana, o preço atual do Bitcoin é de US$ 44.922,77.

A Ethereum, segunda maior criptomoeda também continua subindo. De acordo com a CoinGecko, o preço atual da ETH é de US$ 3.253,77, após subir 3,2%.

Além disso, outras criptomoedas também tiveram lucros. As moedas Binance coin, Cardano e Solana subiram entre 0,5% e 1,9%. Já as moedas XRP, Polkadot e Terra, tiveram ganhos de até 3%.

O destaque de alta, no entanto, vai para o token SLP, do jogo play-to-earn Axie Infinity. O token do game já subiu 263% nos últimos 7 dias, sendo 33%, só nas últimas 24 horas. O preço atual do SLP é de US$ 0,03381248.

O valor do mercado global de criptomoedas ganhou quase 2% para mais uma vez atingir a marca de US$ 2,01 trilhões. O volume total do mercado de criptomoedas, no entanto, caiu 25%, para US$ 76,92 bilhões.

Mercado de criptomoedas reage bem às notícias de regulamentação da Rússia

Em meio aos constantes conflitos entre Rússia e Ucrânia, as notícias de uma possível proibição das criptomoedas no território russo preocupava os investidores. No entanto, para a surpresa de muitos, o governo da Rússia surpreendeu o mercado na última terça-feira (8).

Um documento publicado no site oficial da Rússia, definiu, oficialmente, os princípios para a regulamentação das criptomoedas. Contrariando a vontade do Banco Central, o território russo passará a contar as criptomoedas como dinheiro, ao invés de ativos digitais, como é feito na maioria dos países.

A decisão veio poucos meses após a proibição total das criptomoedas pela China e a instalação de impostos sobre criptomoedas na Índia.

A regulamentação foi vista com bons olhos pelos ivestidores do mercado. De acordo com a CoinDCX, houve uma reversão completa de 180% de sua postura original de banir as criptomoedas, o movimento ‘inesperado’ pode ser visto como positivo para a indústria.

Com a presença de clareza regulatória, instituições como pensões, doações e escritórios familiares agora podem se expor às criptos com maior facilidade, essencialmente abrindo as comportas para a adoção convencional na Rússia.

Leia também: Primeira emissão dos Bitcoin Bonds de El Salvador deve ocorrer entre 15 e 20 de março 

Leia também: Apple anuncia atualização no iPhone que pode permitir transações com Bitcoin

Leia também: Vale a pena investir? 3 projetos em DeFi que prometem para 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.