Meta revê política e viabiliza anúncios sobre criptomoedas em Facebook e Instagram

A Meta Platforms Inc., controladora do Facebook e do Instagram, anunciou na quarta-feira (1º) sua decisão de reverter a política de longa data que impedia a maioria das empresas de criptomoeda de veicular anúncios em suas plataformas de rede social.

Anteriormente, os anunciantes, como exchanges ou carteiras cripto, que quisessem promover criptomoedas ou negócios relacionados tinham que enviar um pedido incluindo todas as licenças que obtiveram. Além disso, tinham que informar se eram negociadas em uma bolsa de valores pública, entre outras informações.

Agora, a empresa está expandindo o número de licenças regulatórias aceitas de 3 para 27.

“Estamos fazendo isso porque o cenário de criptomoedas continuou a amadurecer e se estabilizar nos últimos anos. Além disso, tem visto mais regulamentações governamentais que estão estabelecendo regras mais claras para seu setor”, disse a empresa em um comunicado.

Proibições de anúncios cripto

A empresa proibiu os anúncios de criptomoeda em janeiro de 2018. Isso aconteceu depois que uma série de ofertas iniciais de moedas acabaram enganando muitos consumidores. 

A proibição impediu que startups ligadas a ativos digitais e blockchain se promovessem e alcançassem clientes no Facebook e Instagram.

Em maio de 2019, o Facebook reduziu ligeiramente essa proibição. A empresa passou a não mais exigir a pré-aprovação de anúncios relacionados à blockchain, notícias do setor, educação ou eventos sobre criptomoedas.

Conforme destacou à CNBC Henry Love, ex-funcionário do Facebook, a nova política da empresa é enorme para a indústria cripto. Afinal, permitirá que mais investidores de varejo do que nunca acessem este mercado criptomoedas:

“Com mais abertura e transparência para o que as empresas de criptomoedas podem fazer, veremos mais adoção da indústria de criptomoedas e do metaverso do que nunca”, disse Love. “Este é um divisor de águas para a adoção em massa.”

Planos de criptomoeda do Facebook/Meta

O Facebook reduziu significativamente suas próprias ambições em criptomoeda no ano passado. Depois de traçar planos para lançar a moeda digital Libra e a carteira digital Calibra em 2019, o Facebook enfrentou forte reação de legisladores e reguladores em todo o mundo.

Então, o Facebook reformulou o projeto, que virou Diem, e lançou a carteira digital Novi em outubro.

Contudo, não se sabe se o projeto da criptomoeda sairá do papel. Ainda mais agora com a demissão do responsável pelo projeto David Marcus.

Leia também: Após sair do Twitter, Jack Dorsey muda nome da Square para Block

Leia também: Terra (LUNA) sobe 65% em 7 dias, atinge alta histórica e passa Shiba Inu (SHIB); veja previsões

Leia também: China mira metaverso e NFT após proibir criptomoedas e mineração

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.