LUNA poderia ter virado moeda legal em El Salvador, diz Samson Mow

Por muito pouco, El Salvador poderia ter adotado a LUNA como moeda oficial. Quem fez essa afirmação foi Samson Mow, fundador da Jan3 e ex-executivo da Blockstream, durante a The Capital, conferência realizada pelo CoinMarketCap.

Em sua fala, Mow afirmou que na época da aprovação da Ley Bitcoin, a LUNA poderia ter ganhado curso legal no país. Olhando em retrospectiva, o colapso da criptomoeda teria sido um desastre para o país.

“Luna era a coisa quente. Todos os fundos de venture capital apoiavam o projeto. Se você não tomar cuidado, pode parecer uma jóia muito brilhante quando é na verdade um cocô polido”, criticou.

Durante sua participação, Mow fez críticas pesadas a defensores do que ele chamou de “shitcoins”. Conforme suas palavras, muitos tentam, sem sucesso, transformar suas criptomoedas em moedas de curso legal. Dessa forma, tentam obter para elas a mesma legitimidade dada ao Bitcoin (BTC).

Presidente recebeu ofertas

De acordo com Mow, tudo começou em setembro, quando El Salvador aprovou a Ley Bitcoin. Com ajuda da Blockstream, o país tornou-se o primeiro do mundo a adotar o BTC como moeda oficial.

A medida naturalmente ganhou uma enorme repercussão global, já que se tratava de um país legitimando o uso do BTC. Mow revelou que toda vez que isso acontece, “shitcoiners se reúnem naquele lugar como moscas para qualquer coisa”.

“Shitcoiner” é um termo utilizado de forma depreciativa por quem investe apenas em BTC para se referir a investidores de outras criptomoedas. Nesse sentido, os bitcoiners afirmam que boa parte das quase 20 mil criptomoedas existentes não passam de golpes.

Em sua fala, Mow explicou que vários representantes de outras criptomoedas tentaram se encontrar com o presidente Nayib Bukele depois da aprovação da lei. O objetivo deles, afirma Mow, seria pegar carona na então popularidade do presidente

“Os bitcoiners no chão conseguiram evitar e impedir que o presidente Bukele, você sabe, tirasse uma selfie com o Kwon (fundador da Terra) ou o que quer que seja, certo. Isso não teria sido ideal”, alerta Mow.

A decisão de Bukele em não optar pela LUNA se mostrou acertada com o tempo, conforme mostrado no gráfico de preços. Em 7 de setembro, a LUNA estava cotada a US$ 99, próxima de sua máxima histórica. Contudo, o preço entrou em colapso meses depois e praticamente virou pó.

Evolução do preço da LUNA desde aprovação da Ley Bitcoin. Fonte: CoinMarketCap.

Evolução do preço da LUNA desde aprovação da Ley Bitcoin. Fonte: CoinMarketCap.

Países adotando altcoins

Desde que El Salvador adotou a Ley Bitcoin, a República Centro-Africana legalizou a criptomoedas como moeda de curso legal. Ou seja, em menos de um ano, dois países já adotaram o BTC como moeda.

Mas de acordo com Mow, há uma chance de que um país adote um altcoin. Isso já aconteceu com uma cidade: Lugano, na Suíça, adotou a stablecoin USDT como moeda legal. O BTC também foi escolhido como moeda, bem como outra stablecoin local.

O CEO de Jan3 – empresa que está desempenhando um papel instrumental em ajudar os estados-nação a abraçar o BTC – disse que a adoção de altcoins seria um “entretenimento”.

“Os inteligentes definitivamente vão olhar para o Bitcoin, porque o Bitcoin é o único que é descentralizado. Se você adotou um pouco de shitcoin ou um pouco de altcoin e descobrir que não são descentralizadas e podem ser desligadas, você vai perder muita reputação”, disse.

Em suma, os países tenderão a escolher a plataforma mais segura, estável e descentralizada. Que na visão de Mow – e dos maximalistas – sem dúvidas é o BTC.

Leia também: Mercado Bitcoin cria time de futebol com gestão no metaverso via DAO

Leia também: Elon Musk tuita que SpaceX aceitará Dogecoin e criptomoeda ‘reage’

Leia também: Desenvolvedores do Mirror Protocol são acusados de encobrir desvio de milhões de dólares 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.