El Salvador vira grande baleia de Bitcoin e fecha 2021 com 1.400 BTC

Entre as muitas notícias positivas para o mercado de criptomoedas em 2021 está o reconhecimento do BTC como moeda de curso legal em El Salvador.

Além disso, a nação da América Central se tornou uma verdadeira baleia de BTC acumulando muitos Bitcoins nas reservas da nação.

E, no que poderia ser sua última compra de Bitcoin (BTC) para o ano de 2021, El Salvador adquiriu mais 21 Bitcoins na terça-feira (21).

A nova operação elevou as reservas de BTC acumuladas pelo país centro-americano para 1.391 unidades.

O anúncio foi feito pelo presidente salvadorenho, Nayib Bukele, que usou sua conta no Twitter para comunicar as compras oficiais de BTC.

Os cerca de 1.391 BTCs possuídos pelo país são derivados do número acumulado de 8 tuítes publicados por Bukele entre 6 de setembro e 21 de dezembro deste ano.

No entanto, o valor pode ser maior ou menor dado que não foram encontradas informações sobre as operações nos sites oficiais do governo de El Salvador e nem uma carteira de Bitcoin pública com os valores.

El Salvador

Bukele fez 17 compras, totalizando 21 BTC. Fonte: Nayib Bukele .

Pouca transparência

Embora a blockchain seja um mecanismo de transparência, o mesmo não pode-se dizer de El Salvador que não torna públicas as informações sobre a gestão das reservas de Bitcoin em seu poder.

Portanto, diante das poucas informações, a Forbes apontou que a empresa BitGo, uma plataforma institucional de custódia de ativos digitais, seria o “provedor exclusivo” de liquidez para a carteira oficial Chivo.

Ao mesmo tempo, a exchange de criptomoedas Bitso também informou que seria a principal fornecedora da carteira Chivo, e que daria suporte às operações tanto em BTC quanto em dólares.

Nenhuma das informações foi negada ou confirmada por qualquer porta-voz do governo salvadorenho.

Além disso, outros detalhes sobre a operação de El Salvador também são desconhecidos. Isso inclui se o Estado delegou a custódia do BTC oficial a um terceiro, se mantém suas reservas em carteiras frias ou se tem o controle de chaves privadas.

A informação é relevante porque a BitGo tem sede nos Estados Unidos, país com o qual Bukele teve algumas diferenças durante a gestão.

Isso implica que, em um cenário hipotético de conflito, haveria o risco de confisco dos BTC de El Salvador que estão no BitGo.

Leia também: Você conhece a cidade cripto que está crescendo no Brasil?

Leia também: Criptomoedas são proibidas em mais de 50 países; veja mapa

Leia também: A indústria de jogos tradicionais está se expandindo para o universo NFT? GTA e CS podem ser apenas a ponta do iceberg do novo mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.