Christie’s vende mais de US$ 150 milhões em NFTs em 2021

Uma das mais famosas e antigas casas de leilão de artes do mundo, a Christie’s, anunciou que depois que passou a negociar tokens não fungíveis (NFTs), suas vendas no setor representaram cerca de US$ 150 milhões do volume total ao longo de 2021.

Por meio de uma publicação em sua conta no Twitter, a casa relatou que está “liderando” os leilões de NFTs. Além disso, o post mencionou que a Christie’s a “venda histórica” ​​de um NFT criado pelo artista Beeple.

A peça de Beeple foi a primeira arte digital tokenizada na blockchain Ethereum leiloada pela Christie’s. A venda da peça artística chamada “The First 5.000 Days” ocorreu em março passado e atingiu US$ 70 milhões.

A obra é uma colagem que condensa 5.000 imagens desenhadas diariamente por Beeple, entre 1º de maio de 2007 e 7 de janeiro de 2021.

“Como líder do setor em inovação digital, a Christie’s também continua sendo pioneira em novas tecnologias que estão redefinindo o negócio da arte. Isso inclui a criação e visualização de experiências que integram concursos de realidade aumentada, canais de compras ao vivo e formatos de vendas híbridas”, disse a casa de leilões.

No entanto, a empresa está longe de ser líder no mercado de venda de NFTs. Afinal, esse posto é ocupado com folga por OpenSea, Rarible e outras plataformas focadas em criptomoedas.

Christie’s

Após o sucesso com o leilão Beeple, a casa de leilões fundada em 1766 leiloou alguns NFTs. Entre eles, negociou um lote de 9 CryptoPunks que foram vendidos por US$ 17 milhões.

Ainda, como parte de suas investidas mais recentes no ecossistema NFT, a Christie’s fez uma parceria com a OpenSea. Juntas, as organizações leiloaram uma série de obras sob o título de Christie’s X OpenSea.

No leilão, os NFTs foram vendidos por 843 ETH (US$ 3.300.000). Os trabalhos de maior bilheteria foram CyberKongs. O item #201 foi vendido por 185 ETH e o item #46 por 96,6 ETH.

O dinheiro arrecadado pelos dois CyberKongz foi doado para beneficiar o Parque Nacional de Virunga. Localizado na República Democrática do Congo, o parque é conhecido por ter uma população de gorilas das montanhas.

Leia também: El Salvador faz nova compra em data cabalística para o Bitcoin

Leia também: Agência de mídia estatal da China emitirá NFTs apesar das restrições

Leia também: Veja quatro maiores decepções (e um golpe) no mercado de criptomoedas em 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.