CEO do Twitter planeja exchange descentralizada para Bitcoin

Em diversas ocasiões, o CEO do Twitter e da Square, Jack Dorsey, afirmou que o Bitcoin será a moeda da internet. No mês passado, ele divulgou seus planos para um projeto intitulado TBD.

Na época, Dorsey informou apenas que o projeto se concentraria no desenvolvimento de uma plataforma para serviços financeiros de código aberto dedicada ao Bitcoin.

Já nesta sexta-feira (27), o bilionário compartilhou no Twitter uma série de publicações de seu parceiro na iniciativa, Mike Brock, o executivo do CashApp, da Square.

Exchange descentralizada para Bitcoin

Conforme explicou Brock, o projeto terá a finalidade de construir uma espécie de exchange descentralizada para negociação de Bitcoins. No caso, não haverá (obviamente) nenhuma parte central responsável pela custódia ou controle dos fundos. 

O executivo explicou que, atualmente, existem muitos projetos para ajudar a tornar a Internet mais descentralizada. Contudo, o foco do projeto TBD será exclusivamente em um sistema monetário global sólido para todos.

“Mas incluir tudo requer algumas peças que achamos que estão faltando… Obter Bitcoin hoje normalmente envolve a troca de fiat [moeda fiduciária] em um serviço centralizado e de custódia como CashApp ou Coinbase. Essas entradas e saídas de Bitcoin têm vários problemas. E não são distribuídos uniformemente em todo o mundo”, detalhou Brock.

Nesse sentido, os executivos planejam resolver este problema facilitando o financiamento de uma carteira sem custódia em qualquer lugar do mundo por meio de uma plataforma nova:

“Você pode pensar nisso como uma exchange descentralizada por fiat. Como dissemos, esta plataforma será inteiramente desenvolvida em público, código aberto, protocolo aberto. Qualquer carteira poderá usar. Nenhum fundamento ou modelo de governança controlado por TBD. Sem permissão.”

Brock observou ainda que os princípios de design exatos para esta plataforma não estão totalmente resolvidos. No entanto, destacou a Rootstock, uma blockchain habilitada por contrato inteligente, como uma opção potencial.

“No entanto, as lacunas necessárias para construí-la podem ser muito grandes. Isso também nos faria considerar outras correntes como uma ponte”, acrescentou.

As lacunas identificadas por ele incluem altos custos e escalabilidade. Mas Brock observou que a solução Lightning network está resolvendo isso com pagamentos. Agora, é necessária uma solução para a infraestrutura de troca entre ativos digitais, como stablecoins.

Leia também: Inter adquire banco USEND e prepara expansão para os Estados Unidos

Leia também: Banco central do Brasil inclui dados de criptomoedas em seu balanço

Leia também:Bitcoin pode chegar a US$ 200 mil até janeiro, diz Fausto Botelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.