Brasileiros negociaram R$ 4,5 bilhões em Bitcoin em janeiro; 33% a menos que em dezembro

Janeiro de 2022 foi um dos piores da história do Bitcoin (BTC) com a criptomoeda tendo recuado cerca de 18% em sua cotação em dólares. Essa baixa acabou refletindo no volume de BTC negociado pelos brasileiros no referido mês.

De acordo com o relatório do Cointrader Monitor (CTM) – que reúne dados das exchanges de criptomoedas que operam no Brasil – os brasileiros negociaram 20.412,45 Bitcoins de 1º a 31 de janeiro. Em reais, isso equivale a cerca de R$ 4,5 bilhões.

Em comparação com o mês de dezembro, quando 24.407,42 Bitcoins foram negociados, o volume recuou 16,37%. Segundo o CTM, este é o terceiro mês consecutivo em que o volume em BTC transacionado no Brasil cai.

Considerando o valor em reais, trata-se de uma grande redução de 33,54% em comparação com dezembro. Naquele mês, R$ 6,9 bilhões em BTC foram negociados.

Negociação de Bitcoins no Brasil

Conforme destacou o CTM, essa forte queda em janeiro acompanha a desvalorização da criptomoeda frente ao real.

Afinal, considerando a cotação do BTC em reais, a desvalorização em janeiro foi de 23,27%. No dia 1º de janeiro, o preço do Bitcoin era de R$ 267.542,32 e no dia 31, o preço caiu para R$ 205.276,72.

Nesta quarta-feira (2), o Bitcoin segue em baixa sendo negociado a R$ 204.147,64, segundo o CTM

Gráfico de variação de preço do Bitcoin em janeiro de 2022. Fonte: Cointrader Monitor

Binance segue liderando em volume de Bitcoin

Para o levantamento, o site coletou os dados das APIs disponibilizadas por 32 exchanges. As corretoras consultadas incluem: Binance, Mercado Bitcoin, BitcoinToYou, BitcoinTrade, FTX, BitPreço e Alter.

O relatório destacou que a Binance segue sendo a exchange com maior volume de BTC negociados. A corretora é líder em negociações em BTC no Brasil desde março de 2021, tendo negociado 6.699,38 Bitcoins no último mês.

Dessa forma, a Binance foi responsável por 32,8% das negociações de Bitcoins no Brasil, aumentando sua participação no mercado nacional. A título de comparação, em dezembro de 2021, a exchange negociou 7.243,53 BTC.

Depois da Binance, em termos de volume negociado em janeiro, vem a BitcoinToYou com 3.242,97 BTC movimentados. Em seguida, vem a BitPreço com 3.025,65 Bitcoins movimentados.

Volume das exchanges. Fonte: CTM

O relatório do CTM destacou ainda que, no mês de janeiro, o dia que registrou a maior movimentação de Bitcoin foi o dia 21. Na data, 1.382,27 BTC, equivalentes a R$ 278.199.783,77, foram movimentados. 

Naquele dia, o preço do Bitcoin sofreu uma forte correção saindo de R$ 211.210 para R$ 199.334.

Por outro lado, o dia com menor movimentação foi 16 de janeiro, quando 226,80 BTC (R$ 54.344.459,74) foram transacionados. Naquela data, o Bitcoin ainda era negociado em torno dos R$ 237.500.

Leia também: Metaverso Defi Land anuncia novidades e venda das sementes em NFT

Leia também: Solana sobe 16%; Polkadot e Avalanche sobem 4%. Bitcoin permanece estável

Leia também: DeHorizon lança Airdrop e lista de permissões para teste do metaverso DeVerse

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.