Blockchain.com pretende abrir capital este ano, diz Bloomberg

A empresa de serviços financeiros de criptomoeda Blockchain.com pretende se tornar pública ainda neste ano.

De acordo com um relatório da Bloomberg publicado nesta terça-feira (19), fontes familiarizadas com o assunto disseram que a plataforma já está conversando com bancos de investimento sobre a abertura de capital.

Contudo, a eventual oferta pública inicial (IPO, em inglês) está sujeita a mudanças ou pode ser adiada.

No final de março, a Blockchain.com subiu para uma avaliação de US$ 14 bilhões após a rodada de financiamento da Série D liderada pela empresa global de capital de risco Lightspeed Venture Partners. Também participou da rodada a empresa de gestão de investimentos Baillie Gifford.

Em agosto do ano passado, a diretora financeira da Blockchain.com, Macrina Kgil, antecipou que a empresa poderia fazer um IPO em 2022 ou no início de 2023.

Se a abertura de capital se concretizar, de fato, será junto em um momento em que a empresa está buscando expandir sua base de varejo nos Estados Unidos por meio de um patrocínio ao Dallas Cowboys.

Sobre a Blockchain.com

Fundada em 2011, a Blockchain.com tem suas raízes no Reino Unido. Trata-se de uma das maiores empresas de criptomoedas do mundo.

A plataforma oferece uma ampla gama de serviços financeiros baseados em blockchain. Isso inclui serviço de exchange, carteiras cripto e produtos institucionais.

No final de março, a Blockchain.com se retirou do registro temporário da Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido (FCA) para licenciamento de criptoativos. Desde então, a empresa optou por operar na Europa através de um registro lituano.

De acordo com as informações disponíveis no site Blockchain.com, a empresa possui 37 milhões de usuários verificados em 200 países ao redor do mundo. Além disso, são 82 milhões de carteiras e mais de US$ 1 trilhão em valor total de transações em sua plataforma.

Exchanges abrem capital

A Coinbase, a maior exchange dos EUA, abriu seu capital em abril de 2021, protagonizando um marco para o setor.

De lá para cá, várias outras plataformas de negociação de criptomoedas já indicaram que tinham planos de fazer um IPO. Gemini e Kraken, por exemplo, disseram que pretendem se tornar públicas.

Acredita-se ainda que a Binance.US, subsidiária americana da gigante das criptomoedas, pode ser a próxima exchange a se tornar pública. Hoje, a Binance.US está avaliada em US$ 4,5 bilhões.

Leia também: O Bitcoin ainda vai cair abaixo de US$ 30.000 em 2022, aponta analista

Leia também: Binance anuncia queima trimestral de 1,8 milhão de tokens BNB

Leia também: Mais de 100 mil ataques de phishing a carteiras cripto são detectados pela Kaspersky em 2 meses

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.