Bitcoin sobe e puxa outras criptomoedas: confira opiniões de analistas do TradingView

O mercado de Bitcoin rompeu resistências e promete uma semana de alta. Nesse sentido, analistas do TradingView estão otimistas para mais valorizações. Confira as análises!

Morales Trader

Quando o par BTC/BRL sofreu uma queda forte, ocorreu uma possível absorção com volume ultra elevado na barra vermelha do gráfico diário. Após isso, o mercado não trabalhou abaixo da mínima da barra.

Então, ocorreu uma possível absorção durante um bom tempo, juntamente com teste de oferta sem fluxo vendedor. Ao romper as duas linhas de tendência de baixa (LTB) traçadas no gráfico abaixo, o preço começa a subir com fluxo comprador.

O resultado é a retomada do movimento primário de alta. Minha ideia é que o Bitcoin continua na tendência de alta, contudo, realizo uma saída parcial e ponho um lucro no bolso na faixa dos R$ 250 mil.

A partir daí, continuo comprado e surfando em um possível movimento maior. Veja o gráfico dinâmico.

BTC/BRL

Talles Souza

Estamos em uma região decisiva para o Bitcoin, pois estamos na região de rompimento da LTB principal da correção. A partir desse rompimento e possível consolidação, já podemos projetar alvos com a extensão de Fibonacci nas regiões de 1,61 e 2,61.

Eles são representados nos alvos 1 e 2 do gráfico abaixo. Ademais, temos uma região interessante de compra com stop curto, logo abaixo da LTB principal rompida, representada em preto. Veja análise na íntegra.

BTC/USDT

Allan Jhones

O preço da Litecoin (LTC) subiu ontem (10) US$ 172 durante um ótimo movimento de alta. A LTC se afastou dos US$ 150 de vez e, mesmo após a correção da madrugada, conseguiu ficar acima de US$ 160. Com isso, foi feito um novo fundo ascendente no gráfico de quatro horas (H4), acima da média móvel de 9 períodos.

Esse cenário sugere continuidade do movimento de alta. No gráfico diário, o preço da Litecoin se fixou acima da média móvel de 90 períodos. Além disso, a média de 200 está muito acima, em US$ 190, deixando o preço sem grandes obstáculos para alta até lá.

Contudo, é necessário que o mercado de criptomoedas no geral permaneça forte. A expectativa é de alta até a região entre US$ 175 e US$ 180, com perda de força nesse meio. Veja o gráfico dinâmico.

LTC/USD

Gabriel Fauth

A Cardano (ADA) disparou mais de 25% nas últimas 48 horas. O preço está chegando em um região de atenção, em US$ 1,80, pois o volume decresce nesse ponto. Assim, existe a ameaça de uma correção ao atingir US$ 1,75, alvo 1 indicado no gráfico abaixo.

Olhando para o horizonte, o volume notável mais antigo (visto em fevereiro) ressalta bem o topo sendo um pouco mais acima, em US$ 1,88. Considerando o alvo 2 da retração de Fibonacci em US$ 1,93, há uma dica de onde o preço pode ir antes de uma correção.

Em caso de queda, um dos suportes mais importantes está na região de US$ 1,45. Acima dele, eu estou otimista com uma alta. No caso das resistências, devem ser rompidas as barreiras na região entre US$ 2 e US$ 2,20. Veja o gráfico dinâmico.

ADA/USD

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: Morales Trader, Talles Souza, Allan Jhones e Gabriel Fauth.

Leia também: Fintech lança plataforma de bem-estar financeiro para empresas e colaboradores

Leia também: Criptomoedas ensaiam nova alta, dizem analistas do TradingView

Leia também: Confira as principais técnicas dos traders de Bitcoin de sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.