Bitcoin, Ethereum, Solana e Polkadot operam em queda. Mercado se prepara para novo rali

O mercado de criptomoedas está oscilando novamente nesta sexta-feira (12), após mais 24 horas de incertezas. O volume total de mercado caiu mais 2% em relação ao dia anterior e fechou em US$ 2,9 trilhões.

A maioria das principais criptomoedas caiu junto com o mercado, deixando sobreviver algumas poucas altcoins. No entanto, a queda do mercado, neste momento,  sinaliza uma breve recuperação no preço das criptomoedas, que se preparam para um novo rali.

O Bitcoin, por exemplo, entrou no segundo dia de baixa seguido, após atingir mais um ATH. Ao todo, o BTC já acumula uma queda de quase 5% nesta semana. O preço atual da criptomoeda é de US$ 63.950.

A Ethereum, segunda maior criptomoeda do mercado, voltou a cair na manhã desta sexta-feira, após ter uma alta de 1,93% nas últimas 24 horas. Na manhã desta sexta-feira, o ETH caiu 2,5% e o preço atual da criptomoeda é de US$ 4.602. No entanto, assim como o BTC, o ETH também aumentou cerca de 4% em relação à última semana e mais de 14% se comparado ao último mês.

Além disso, outras criptomoedas entre as 10 principais do mercado também entraram em queda nesta sexta-feira. A Solana, por exemplo, caiu cerca de 3,4% e recuou o preço para US$ 225. A criptomoeda Polkadot também opera em queda de mais de 5%, com o preço oscilando na casa dos US$ 45.

Já as moedas meme como Dogecoin e Shiba Inu, operam em baixa no mercado após grandes retiradas de lucros. A DOGE, por exemplo, caiu mais 2,46%, chegando ao preço de US$ 0,25. Enquanto isso, a SHIB caiu mais 7,6

O Bitcoin está – quase sempre – envolvido na recuperação do mercado

O BTC caiu 2% nas últimas 24 horas. No entanto, no preço atual, aumentou 4% em relação à semana passada. Também aumentou 14% no mês passado.

Gráfico TradingView

Os indicadores técnicos do BTC sugerem que é hora de comprar a criptomoeda, se você quiser fazer um bom negócio. A média móvel de 30 dias (em vermelho acima) oscilou abaixo de sua média de 200 dias (em azul). Enquanto isso, seu índice de força relativa está pairando na região de 50, indicando que pode estar à beira de um rompimento.

O Bitcoin quase sempre está envolvido sempre que o mercado se recupera. Portanto, mesmo que não suba tão drasticamente quanto as altcoins de baixa capitalização, há uma chance muito melhor de que suba com o mercado.

Isso ocorre principalmente porque o BTC pode ter os melhores fundamentos de qualquer criptomoeda. No mês passado, a SEC deu sinal verde ao ProShares Bitcoin ETF , enquanto mais ETFs de Bitcoin também devem surgir. Por exemplo, a Grayscale Investments recentemente se inscreveu para transformar seu fundo de BTC em um ETF baseado em spot.

E quando você adiciona o aumento da inflação à mistura, sinaliza que o BTC realmente pode decolar no final do ano. Isso é o que vários analistas estão prevendo: Alex Krüger previu recentemente um preço entre US$ 75 mil e US$ 85 mil, enquanto analistas da Kraken sugeriram US$ 96 mil em um novo relatório.

Ethereum supera no mercado DeFi

Da mesma forma, o modelo stock-to-flow sugere um preço de cerca de US$ 100 mil no início de 2022. Este é provavelmente o melhor cenário, mas o modelo tem sido relativamente preciso até agora este ano.

Já os dados técnicos da ETH sugerem que em breve ela atingirá o fundo do poço, do qual deverá se recuperar com força. Alguns analistas podem sustentar que os fundamentos da ETH são, de fato, melhores do que os do BTC. O valor atual de mercado do ETH é de mais de US$ 180 bilhões, o que representa cerca de dois terços do mercado total DeFi.

Esse crescimento é impressionante. Além disso, as mudanças ocorridas há alguns meses no tokenomics da plataforma tornam ainda mais provável que a ETH experimentará um boom de preços mais cedo ou mais tarde.

Leia também: Crypto.com fecha parceria com a Visa para emitir cartão cripto para brasileiros

Leia também: Litecoin não está morto, mas se preparando para grande alta, diz trader

Leia também: Token do game de NFT Dragon Kart salta 1.150% após listagem na PancakeSwap

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.