Binance vai lançar concorrente do Airbnb em blockchain

A Travala, site de reservas de viagens de propriedade majoritária da Binance, vai lançar um concorrente do Airbnb baseado em blockchain chamado “Dtravel”. Contudo, o diferencial é que o novo serviço de aluguel por temporada será descentralizado, baseado em blockchain e aceitará criptomoedas.

Um dos objetivos da Dtravel é solucionar o problema de confiança da economia de compartilhamento. Nesse sentido, a plataforma pretende dar aos anfitriões mais controle, propriedade e taxas mais baixas do que as plataformas existentes.

Dtravel aceitará Bitcoin como pagamento

De acordo com um comunicado divulgado nesta quarta-feira (16), o projeto é apoiado por ex-executivos da Airbnb, da Expedia e outras empresas do ramo.

A plataforma, que será integrada à Travala.com, será governada por sua comunidade por meio de uma Organização Autônoma Descentralizada (DAO).

Conforme destacou a Dtravel, o ecossistema será alimentado pelo token nativo TRLV. O criptoativo será mantido pelos hosts e poderá ser usado para reservas de estadias, em staking e como token de governança da plataforma.

Segundo a empresa, em breve, o TRLV estará disponível na Binance Smart Chain e no Ethereum Network. Haverá ainda uma espécie de airdrop dos tokens. Os primeiros 100.000 hosts a se registrar poderão receber mais de US$ 35 milhões em tokens TRVL.

“Dtravel atende às necessidades da comunidade de compartilhamento de casa do início ao fim. É fácil de usar, altamente segura e otimizada para a próxima geração de anfitriões e hóspedes que procuram retomar o controle de sua experiência de viagem”, disse Juan Otero, cofundador e CEO da Travala.com.

Taxas serão menores

Pontualmente, a Dtravel espera reduzir as taxas do serviço de hospedagem de 20% para 7,5%. Ademais, quer sanar o problema do relacionamento entre anfitrião e hóspede. Para isso, irá permitir que os usuários influenciem diretamente a direção do projeto por meio do Dtravel DAO.

A Dtravel contará ainda com um serviço que oferecerá aos hosts até US$ 1.000.000 em proteção de propriedade.

“Com as viagens começando a se recuperar e um nível recorde de interesse em tecnologias de blockchain como criptomoedas, Dtravel dá às pessoas ansiosas o que tem faltado até o momento: controle e propriedade sobre suas próprias experiências de viagem”, destacou Jalak Jobanputra, sócio fundador da Perfect Ventures, um dos financiadores do projeto.

Leia também: Trader lista 5 tokens promissores que custam menos de R$ 5

Leia também: Bloco do Bitcoin é minerado sem nenhuma transação; isso é normal?

Leia também: Decisão do Fed nesta quarta-feira pode impactar o preço do Bitcoin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.