Analista indica o que pode acontecer com o Bitcoin após aumento de juros nos EUA

De acordo com o trader conhecido como Pentoshi, o preço do Bitcoin (BTC) deverá enfrentar turbulências com o aumento de juros nos Estados Unidos. Contudo, o mercado irá digerir este aumento e logo o BTC e as ações de tecnologia irão se recuperar e voltar a subir.

Pentoshi é um dos analistas mais conhecidos e seguidos do mercado. Numa análise publicada na segunda-feira (2), ele indicou dois caminhos para o BTC. No primeiro, a recuperação levaria a criptomoeda de volta aos US$ 42.000. No segundo, mais negativo, o preço deve buscar o suporte de US$ 35.000.

Bitcoin na esteira da NASDAQ

Conforme a análise de Pentohi, o BTC ainda está bastante correlacionado com as ações de tecnologia dos EUA. Ou seja, ativos como Apple, Netflix, PayPal e outros. Esta correlação tem se aprofundado nas últimas semanas.

Isso significa que, na visão do mercado, o BTC não é um ativo de proteção, mas sim um ativo de risco. Logo, o seu preço tende a emular o desempenho de outros ativos desse segmento. De fato, dados da plataforma TradingView mostram que a correlação entre o BTC e o Nasdaq 100 é cada vez maior.

Semelhança entre movimento do BTC e do Nasdaq 100. Fonte: TradingView.

“Muitas ações estão nas suas mínimas desde março de 2020 – após o coronacrash. Spotify, Netflix, Zoom, Paypal e muito mais. É possível que haja um rali de alta no BTC e nas ações após a decisão do FOMC, pelo menos no curto prazo. Muitos ativos estão em pontos de articulação importantes que desejam se estabelecer”, diz o analista.

Outro popular trader que atende pelo nome Light concorda com a previsão de Pentohi. Na sua visão, o momento do anúncio da taxa de juros vai gerar um efeito de compra dos ativos. Isso tende a ocorrer mesmo se o Fed surpreender e não elevar os juros.

Expectativas de movimentação

Por fim, Pentoshi analisa os níveis-chave a serem observados no BTC nos próximos dias. Após as fortes quedas de abril, o preço do BTC está cotado em US$ 39.075 neste momento, sendo que a próxima resistência é de US $ 39.700. Se o preço subir acima deste valor, acionará uma valorização até US$ 42.000.

“O BTC estará monitorando US $ 39.700 para o ponto de viés. Acima disso = aperto para US $ 42.000”.

Mas se o preço falhar em romper a resistência com solidez, a correção de abril deve continuar este mês. Em caso de queda, o preço deve cair mais 9% e buscar o suporte na região de US$ 35.600.

Super Quarta

Nesta quarta-feira (4) o mercado financeiro terá mais uma Super Quarta. E não, não é por causa do dia de Star Wars (May 4th), mas sim pelas decisões a respeito da taxa de juros nos EUA.

O Comitê Federal de Mercado Aberto dos EUA (FOMC, na sigla em inglês) está reunido para definir a nova taxa básica de juros do país. De acordo com a maioria dos analistas, a taxa deverá ser aumentada em 50 pontos-base (0,5%). Ou seja, a Federal Funds Rate (FFR) será elevada para 0,75% ao ano.

A decisão é aguardada com enorme expectativa, pois deve gerar impactos diferenciados. Com a alta, o Fed espera controlar a inflação nos EUA, que já é a maior desde 1982. Por outro lado, o aumento deve gerar turbulências no mercado de renda variável, sobretudo para as criptomoedas.

Leia também: Enquanto o ETH 2.0 não chega, investidores sofrem com o GAS no Ethereum

Leia também: Coinbase desiste de fusão com dona do Mercado Bitcoin, mas lança Coinbase Brasil

Leia também: Preço do Bitcoin pode cair para US$ 28.000 após o aumento agressivo da taxa do FED, dizem analistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.