Volume de Bitcoins negociados em exchanges brasileiras cai 45,8% em junho

No mês de junho, as exchanges que operam no Brasil declararam ter movimentado R$ 6,7 bilhões em Bitcoins, equivalentes a 37,3 mil BTC. O volume em reais é 45,8% inferior ao volume movimentado em maio, que totalizou R$ 12,4 bilhões. Considerando o montante em BTC, a retração foi de 29% em relação ao mês anterior (52,9 mil Bitcoins).

Ao que tudo indica, a queda significativa nas movimentações é resultado da desvalorização do Bitcoin no período. Afinal, em 22 de junho, a maior criptomoeda em valor de mercado caiu para menos de R$ 147 mil pela primeira vez desde janeiro.

Conforme informou o Cointrader Monitor (CTM), que realiza o levantamento do volume de Bitcoins negociados no Brasil, a queda foi mais acentuada em reais do que em BTC — em razão da desvalorização do par BTC/BRL no período:

“No dia 01/06/2021, o valor do Bitcoin era de R$ 191.031,78. E no dia 30/06/2021 era de R$ 176.243,64, tendo desvalorizado 7,74% no período de 1 mês.”

Preço do Bitcoin no Brasil

Binance é a exchange mais usada 

Ainda de acordo com o relatório da CTM, a Binance foi a principal plataforma utilizada pela quarta vez consecutiva. A exchange declarou ter movimentado 12.486 Bitcoins no mês de junho.

Este volume, corresponde a 33,5% de todas as negociações de Bitcoins no Brasil durante o mês passado. Em seguida, vem a BitcoinToYou com uma movimentação de 7.176 BTC. Já em terceiro lugar vem a BitPreço com 4.078 Bitcoins transacionados.

O Mercado Bitcoin, que chegou a liderar as movimentações de Bitcoin no país em alguns meses, aparece apenas em quarto lugar com 3.276 BTC.

Para a confecção do relatório, o CTM coletou dados das APIs disponibilizadas por 32 exchanges que operam no Brasil.

Binance lidera movimentações mais uma vez

Dia de queda histórica do BTC foi data de maior movimentação

Ainda segundo o levantamento mensal, no período, o dia que registrou a maior movimentação de Bitcoin foi 22 de junho quando um total de 2.338 BTC (R$ 380,5 milhões) foram negociados.

Naquela data, como mencionado, o Bitcoin experimentou uma de suas maiores quedas diárias em 2021. Na cotação em dólares, a criptomoeda chegou a ser negociada abaixo dos US$ 30.000.

Já o dia com a menor movimentação foi 6 de junho, quando apenas 354 BTC (R$ 64,8 milhões) foram transacionados. Na referida data, o Bitcoin custava cerca de R$ 183.076.

Leia também: Bitcoin cai após valorizar no domingo; ETH, ADA e BNB seguem a queda

Leia também: Grayscale acrescenta Cardano em seu famoso fundo de criptomoedas

Leia também: Bacen prepara série sobre Real Digital para julho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.