Twitter supostamente pausou criação de carteira de criptomoedas; Dogecoin recua

Uma reportagem da Platformer, publicada na quinta-feira (03), afirmou que o Twitter pausou seus planos de desenvolver uma carteira de criptomoedas própria após a compra da empresa pelo bilionário Elon Musk. Segundo a publicação, este era um plano recém-revelado:

“Um plano recentemente revelado para construir uma carteira de criptomoedas para o Twitter parece estar em pausa”, diz o artigo.

A primeira vez que se noticiou que o Twitter planejava lançar uma carteira de criptomoeda foi em outubro deste ano. O assunto foi revelado pela blogueira de tecnologia Jane Manchun Wong, famosa por relatar recursos de tecnologia a serem lançados.

Especificamente, Wong disse em um tuíte publicado no dia 24 de outubro que o Twitter estava trabalhando em um “protótipo de carteira” que suportaria depósitos e saques. No entanto, Wong disse que não tinha mais detalhes para fornecer. De qualquer forma, parece que o plano está em stand-by, conforme noticiou a Platformer.

Musk provoca mudanças no Twitter

Ainda segundo a reportagem, a chegada de Musk ao Twitter causou um verdadeiro “rebuliço” na empresa. Isso porque o chefe do Twitter já anunciou diversas novidades. Entre elas a assinatura mensal de US$ 8 para obtenção do selo de verificação. De acordo com o executivo, essa medida visa combater os bots na rede social.

Além disso, Musk disse que está explorando um produto de vídeo em formato curto e está considerando permitir que os criadores coloquem postagens de vídeo atrás de um paywall, no estilo OnlyFans. Uma reportagem do New York Times também informou que a empresa pode até mesmo permitir que os usuários paguem para enviar mensagens diretas a usuários “de alto perfil”.

Conforme destacou a reportagem do Platformer, ainda há mais mudanças por vir. Algumas iniciativas estão nos primeiros estágios exploratórios. Mas Musk pode mudar de ideia sobre qualquer uma delas.

Além dessas “novidades”, o Twitter também pode anunciar uma notícia mais amarga. A empresa deve demitir cerca de metade de seus funcionários, de acordo com um relatório da Bloomberg da última quinta-feira (04). Na semana passada, ao “tomar posse”, Musk demitiu o CEO do Twitter e outros executivos sêniores.

Dogecoin recua com anúncios recentes

Quem sofreu o impacto das notícias mais recentes foi a Dogecoin (DOGE), memecoin que conta com o endosso de Musk e que reage a quase tudo que o bilionário faz ou fala. Após um rali de alta impressionante, em que DOGE saltou quase 50% em um período de sete dias com a compra do Twitter por Musk, o preço da criptomoeda perdeu forças.

Nas últimas 24 horas, DOGE recuou mais de 7%. No momento da escrita desta matéria, a moeda digital está custando R$ 0,61 de acordo com dados do CoinGecko.

Gráfico de preço da Dogecoin (DOGE) nas últimas 24 horas. Fonte: CoinGecko

Gráfico de preço da Dogecoin (DOGE) nas últimas 24 horas. Fonte: CoinGecko

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.