Tokens de ICO valorizam mais de 6.000% em 7 dias

As ofertas iniciais de moedas, ou ICOs, voltaram com o mercado de criptomoedas em alta. E os tokens desses projetos, de forma pouco surpreendente, têm valorizado de forma expressiva.

Contudo, nem todos possuem volume para justificar o investimento. Não é o caso de dois tokens que, nos últimos sete dias, chamaram atenção.

Os tokens STACK e MOMA valorizaram, respectivamente, cerca de 862% e 6.230% em apenas uma semana.

STACK dispara

O STACK é um token do projeto StackOs, nuvem descentralizada onde é possível enviar qualquer aplicação. Tais aplicações envolvem aplicativos centralizados e descentralizados, redes privadas e nós de blockchains.

A oferta inicial descentralizada (IDO, versão atualizada das ICOs) ocorreu no BSCpad entre os dias 22 e 23 de abril. Trata-se, como o nome sugere, de uma plataforma para lançamento de tokens na Binance Smart Chain.

O valor inicial de cada token era de US$ 0,015, e apenas 14 milhões foram vendidos — cerca de 1,4% do suprimento total.

Desde então, o token valorizou cerca de 862% e atualmente está cotado a US$ 0,1347. Apenas nas últimas 24 horas, o STACK valorizou 51,24%, movimentando mais de R$ 7 milhões na Uniswap.

O token fez voos ainda mais altos, atingiu a máxima histórica de US$ 0,18 na manhã de sexta-feira (30). Para aqueles que venderam no topo, o retorno sobre o investimento chegou a 1.200%.

Gráfico

MOMA segue onda de valorizações

Assim como o STACK, o MOMA movimentou mais de R$ 7 milhões nas últimas 24 horas, divididos entre Gate.io, Uniswap e 1inch.

A IDO do token foi realizada entre os dias 23 de 24 de abril na Gate.io, com 250 mil tokens disponíveis. Eles foram vendidos a US$ 0,01 a unidade.

Em pouco menos de uma semana, cada token valorizou cerca de 6.230%, atingindo os atuais US$ 0,62 em cotação. A máxima foi atingida logo após o lançamento, registrada em US$ 1,01.

Para aqueles que venderam no auge da valorização, o retorno sobre o investimento chegou a 10.100%.

O token MOMA faz parte do protocolo Mochi.Market, um ecossistema descentralizado para negociar tokens não fungíveis (NFTs, na sigla em inglês) que conecta blockchains. Desta forma, NFTs podem migrar de redes.

Primeiramente lançado na Binance Smart Chain, o projeto será ampliado para protocolos de segunda camada no Ethereum e na Polkadot, segundo a proposta da equipe.

Leia também: BNY Mellon: deveríamos investir em Bitcoin em vez de ouro

Leia também: Bitcoin se firmou: analista indica 8 criptomoedas para investir

Leia também: Mineradores de Ethereum acumulam mais de R$ 7 bilhões em abril

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.