Taxa do Bitcoin atinge nível mais baixo em 6 meses

 A taxa de processamento de transações na rede Bitcoin caiu para o menor nível em seis meses, possivelmente em razão a uma queda nas transações. De acordo com o BitInfoCharts, o valor atual é de 0,0002 BTC, ou R$ 37,70, na cotação em reais.

A título de comparação, quando o Bitcoin era negociado em cerca de US$ 54.000 em 21 de abril, a taxa atingiu o recorde de R$ 325. Ou seja, o custo transacional caiu quase 90% em 6 semanas.

Esfriamento do mercado

De maneira geral, as taxas da rede aumentam quando a demanda pelo processamento de transações supera a oferta dos mineradores. Da mesma forma, as taxas caem à medida que a oferta ultrapassa a demanda.

A queda recente indica que os investidores não estão tão interessados em negociar Bitcoin como estavam há um mês.

De acordo com o CoinGecko, o volume de Bitcoin negociado nas últimas 24 horas é de cerca de US$ 32 bilhões. Em 21 de abril, por exemplo, o volume era de quase US$ 55 bilhões.

A desvalorização do Bitcoin pode ter influenciado diretamente nesta diminuição do interesse dos investidores. 

No momento da escrita desta matéria, o BTC está custando aproximadamente US$ 36.300, quase 44% abaixo de seu recorde histórico mais recente de US$ 64.800.

Além disso, os mineradores estão igualmente desinteressados por processar as transações na rede.

Prova disso é que a dificuldade de mineração teve sua maior queda em um ano no domingo (30), ao declinar 16%. Esse parâmetro corresponde à quantidade de capacidade de computação necessária para validar as transações.

Taxas do Ethereum também despencam

Assim como no caso do Bitcoin, as taxas da rede Ethereum também caíram. Possivelmente, o declínio no volume também pode ter causado a queda.

No momento da escrita desta matéria, a taxa de processamento de transações na rede ETH está custando 0,0023 ETH, segundo o BitInfoCharts. Ou seja, cerca de R$ 30,45 na cotação em reais.

Em 12 de maio, por exemplo, quando a Ether era negociada a US$ 3.785, o preço do Gas atingiu o pico de US$ 70 (R$ 362).

Naquele dia, o volume negociado em 24 horas foi de US$ 69 bilhões. Hoje, este volume é de aproximadamente US$ 29 bilhões, com a criptomoeda custando US$ 2.530.

Leia também: Criador da DOGE: mercado de criptomoedas é movido por grandes tolos

Leia também: 7 criptomoedas que podem saltar até 200% em breve

Leia também: Ibovespa supera desempenho do Bitcoin em maio após duras quedas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.