Solução de L2 torna Cardano e Algorand interoperáveis

O fundador da Cardano (ADA), Charles Hoskinson, anunciou novidades para a blockchain. Ele declarou que a Algorand (ALGO) está agora na rede Cardano graças ao Mikomedia A1 Rollup. Trata-se de um provedor de interoperabilidade de blockchain que se concentra em fornecer recursos EVM para redes inteligentes como a Cardano, por exemplo, que originalmente não são EVM.

No rollup Layer-2 A1, o ALGO é encapsulado e apelidado de milkALGO, a moeda nativa para todas as transações.

“Algorand é uma cadeia não EVM com vários outros fatores exclusivos que a tornam a candidata perfeita para um dos primeiros rollups. Esse é nosso primeiro rollup fora do ecossistema Ethereum (ETH)”, diz o anúncio.

Interoperabilidade

De acordo com o anúncio, dois produtos já estão disponíveis no pacote A1: Celer e Blueshift, uma exchange descentralizada baseada na sidechain Milkomeda Cardano C1.

Com essa implantação, os usuários da Algorand poderão acessar o protocolo.

“O foco principal da Milkomeda é promover a interoperabilidade de blockchain ao trazer recursos EVM para cadeias não EVM”, afirma o comunicado.

O lançamento do rollup Layer-2 A1 é um grande negócio para Cardano e Algorand. Afinal, isso permitirá que as duas redes se conectem. Não seria possível fazer isso sem o rollup, pois as redes blockchain usam arquiteturas diferentes. Cardano é baseado na arquitetura UTxO, enquanto Algorand usa Algorand Virtual Machine (AVM).

A Blueshift também planeja lançar recursos que possibilitarão que usuários de ambas as redes façam trocas entre cadeias. Enquanto isso, o desenvolvimento não impactou o preço da ADA ou ALGO.

A ADA caiu 0,5% nas últimas 24 horas e caiu 7,3% nos últimos sete dias – sendo negociada a US$ 0,3536.

Já a ALGO estava sendo negociado a US$ 0,3132 no momento desta publicação, queda de 0,2% nas últimas 24 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.