SEC pode aprovar 4 ETFs Bitcoin no fim de outubro, diz relatório da Bloomberg

Está se aproximando o prazo para que a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês), liderada por Gary Gensler, aprove ou rejeite um conjunto de pedidos de ETFs Bitcoin. Foi o que lembrou a Bloomberg em um artigo publicado nesta sexta-feira (8).

De acordo com a agência de notícias, a comunidade de criptomoedas pode, depois de anos esperando, obter até quatro fundos de investimento negociado em bolsa da criptomoeda líder no mercado em questão de semanas.

“Neste mês, a SEC mais uma vez tem que aprovar, rejeitar ou atrasar um conjunto de pedidos de fundos negociados em bolsa com base na maior moeda digital. Desta vez, todos eles seguem um formato que o presidente da SEC, Gary Gensler, indicou que poderia ser recebido favoravelmente pelo regulador.”

ETFs de Bitcoin nos EUA

Conforme informou a Bloomberg, os investidores poderão ter futuros de Bitcoin, em vez do ativo digital em si.

Esses fundos são registrados de acordo com o Investment Company Act de 1940. Trata-se de uma lei do Congresso dos EUA que regulamenta os fundos de investimento. Assim, a legislação oferece maior proteção ao investidor.

Vários ETFs de futuros de Bitcoin foram enviados dessa forma. Entre eles, estão os fundos de Invesco, VanEck e Galaxy Digital, de Mike Novogratz.

Segundo a Bloomberg, o panorama atual está aumentando as expectativas na indústria de ETFs de US$ 6,7 trilhões:

“Além disso, após anos de atrasos, o maior mercado do mundo pode finalmente estar pronto para se juntar à festa. Nesse tempo, dezenas de produtos negociados em bolsa de criptomoedas já foram lançados no Canadá e em toda a Europa.”

O especialista em ETF da Bloomberg, James Seyffart, afirmou que está bastante otimista com a aprovação desses ETFs.

Além dele, estrategistas sêniores da Bloomberg, como Eric Balchunas (ETFs) e Mike McGlone (commodities), também estão otimistas de que os ETFs provavelmente serão aprovados no final de outubro.

As datas para consideração são 18/10, 19/10, 25/10 e 01/11.

Vale destacar que, no Brasil, já há ETFs 100% lastreados em Bitcoin e Ethereum. Os fundos em questão foram lançados pela gestora brasileira Hashdex.

Agora, a gestora trabalha para aprovar seu ETF de criptomoedas nos Estados Unidos. Para isso, a Hashdex firmou uma parceria com a Victory Capital, uma gestora estadunidense.

Leia também: Trader aponta duas criptomoedas que podem superar o Bitcoin em valorização

Leia também: Fernando Ulrich destaca que o Bitcoin vai subir enquanto o ouro vai cair

Leia também: Polícia apreende contratos de investimento em criptomoedas de hacker em Cabo Frio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.