São Paulo fecha patrocínio milionário com empresa de criptomoedas

O mercado de criptomoedas brasileiro está cada vez mais competitivo com empresas internacionais buscando seu espaço.

Uma das principais formas de marketing por parte dessas empresas é a entrada no meio esportivo, que é uma paixão nacional.

Este é o caso da exchange de criptomoedas Bitso, que é a mais nova patrocinadora do São Paulo Futebol Club. A equipe paulista fechou um acordo milionário com a plataforma de criptoativos com sede no México em expansão para o Brasil.

Pelos próximos três anos, a marca da empresa estampará as mangas da camisa tricolor.

Bitso patrocina São Paulo por R$ 40,5 milhões

De acordo com uma matéria do GE, publicada na quarta-feira (15), a Bitso pagará R$ 13,5 milhões por ano ao São Paulo. Além disso, como o acordo é válido por três anos, o valor total do negócio será de R$ 40,5 milhões.

O clube ainda não anunciou a parceria de forma oficial. No entanto, segundo fontes com conhecimento do assunto, isso deve ocorrer nos próximos dias.

A exchange usou sua conta no Twitter para indicar a parceria, mas sem fornecer detalhes adicionais:

O responsável por conduzir as negociações com a Bitso foi o presidente do São Paulo, Julio Casares. O diretor de marketing do clube, Eduardo Toni, também participou das negociações.

Com o valor pago pelo patrocínio, a Bitso se torna o segundo maior patrocinador na camisa do São Paulo. A exchange fica atrás apenas da Sportsbet.io que desembolsa R$ 24 milhões por temporada.

Vale destacar que a Sportsbet.io é uma plataforma de apostas conhecida por aceitar criptomoedas.

São Paulo e criptoativos

A chegada da Bitso como patrocinadora do São Paulo ocorre cerca de dois meses depois de o clube anunciar uma parceria com a plataforma de criptoativos, Socios.com, para lançar seu Fan Token.

O ativo digital, o $SPFC, dá a seus detentores uma série de benefícios, vantagens e experiências exclusivas. O criptoativo do clube, está disponível para compra na exchange Mercado Bitcoin desde 16 de novembro.

Assim, com o lançamento, o São Paulo se junta a clubes como Corinthians, Atlético Mineiro e Flamengo que também lançaram seus tokens de torcedor.

Leia também: Fundo focado em metaverso, NFTs e criptomoedas chega ao mercado

Leia também: Sidius Heroes: conheça jogo play-to-earn que mistura distopia e blockchain

Leia também: NTFs: 74% dos brasileiros querem comprar ou ganhar colecionáveis digitais, diz pesquisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.