Saiba os níveis de suporte importantes para o Bitcoin durante a correção

O analista veterano Benjamin Cowen listou pontos de suporte importantes para o Bitcoin. Dentre eles, ele sinaliza como mais importante a média móvel de 50 semanas, localizada em US$ 28.253.

Além deste ponto crucial, Cowen ainda detalha o que observar no Bitcoin durante os próximos dias para decidir se sua alta está morta.

Chance de compra

Cowen começa sua recente análise opinando que traders devem se preparar para uma tendência de baixa, ao menos no curto prazo.

O analista afirma que traders descartando uma possibilidade de queda “não estão se ajudando”. Contudo, ele reforça que isso não é algo ruim. O veterano aponta que considerar cenários ruins faz parte da rotina de um trader.

Desta forma, acreditar que todos os pontos de vista que preveem uma queda são apenas pessimismo não é uma decisão sábia.

Após abordar a questão de mentalidade, Cowen então fala sobre o primeiro ponto de queda de interesse. Trata-se do nível em US$ 20 mil, antiga máxima histórica do Bitcoin.

Para o analista, este ponto deve ser observado “com ganância” e, caso esse nível seja novamente testado, traders devem ficar felizes e aproveitar a oportunidade de compra.

“Ao considerar o risco, imaginar esse tipo de cenário permite que você se prepare, acumulando stablecoins para uma possível compra nesse nível de preço,” explica.

Importantes suportes

A análise então progride para os pontos de suporte. O primeiro é a média móvel de 50 semanas, em US$ 28.253, uma área que “vale a pena ser observada”.

Em uma correção mais abrupta, Cowen acredita que esse suporte será duramente testado. Além disso, caso o suporte seja rompido, ele acredita que definitivamente o sentimento do mercado se tornará pessimista.

“Digo, se tivermos uma queda de até 60% nesse nível, é possível que sejam vistas mudanças no sentimento do mercado.”

De qualquer forma, ainda existe o suporte em US$ 18.500, a média móvel de 100 semanas. Mais abaixo, a média móvel de 200 semanas na zona entre US$ 12.000 e US$ 13.000 é outra zona de suporte a se observar.

Cowen conclui afirmando que a fase atual é de acumulação para uma possível recuperação. Entretanto, é importante observar o mercado e se preparar para quedas mais duras.

Leia também: Veterano indica 3 tokens que podem saltar 100% em pouco tempo

Leia também: Investir em ações nos Estados Unidos vale a pena? Veja prós e contras

Leia também: Bitcoin pode bater US$ 42.000 este fim de semana, diz Augusto Backes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.