Rafael Ferri perde processo contra Gregório Duviver após críticas sobre day trade

O empresário Rafael Ferri perdeu na justiça um processo contra o apresentador Gregório Duvivier e a HBO Brasil. O investidor pedia uma indenização de R$ 40 mil por ter seu nome citado no programa Greg News que abordou os riscos do Day Trade.

No episódio, que foi ao ar em agosto de 2020, Duvivier destacou os riscos da atividade de compra e venda diária de ações. E o criador da plataforma TradersClub, que une usuários em fóruns sobre investimentos, foi um dos citados.

Ferri pediu R$ 40 mil em indenização

O humorista também mencionou a possível formação de uma bolha financeira com a entrada de investidores individuais na bolsa.

Além disso, falou sobre os influenciadores financeiros que atuam nas redes sociais promovendo o Day Trade. Gregório Duvivier citou especificamente Rafael Ferri e fez um trocadilho com seu nome:

“Fica esperto ao seguir esse cara, porque talvez você se… Ferri”.

O apresentador citou ainda as reclamações recebidas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que acusavam Ferri de “front running”.

Essa prática ocorre quando um investidor sabe qual movimentação os outros vão fazer e usa essa informação para ganhar dinheiro.

Justiça nega ação de Rafael Ferri

Após a exibição do programa, o investidor recorreu ao Poder Judiciário. Ferri pediu uma indenização de R$ 40 mil por ter seu nome mencionado de forma negativa no programa.

Ademais, ele pediu que o episódio, que também está disponível no YouTube, fosse retirado do ar.

Contudo, a juíza que analisou o caso entendeu que a crítica do apresentador era ao modelo de negócio e não a Ferri. Assim, a 38ª Vara Cível de São Paulo negou a ação do empresário:

“Fica claro que o objetivo final do humorista (autor do vídeo debatido) é criticar o modelo de negócio desenvolvido pelo autor, o sistema Day Trade, fenômeno do mundo financeiro utilizado por diversas pessoas e corretoras. A linguagem parece ter mais o propósito de expor ao espectador a visão do criador dos vídeos sobre o negócio que intencionalmente atingir a imagem do autor”, disse a juíza responsável.

Leia também: Atlético MG fecha parceria com o Chiliz; entenda o caso

Leia também: Banco Central: real digital só deve chegar em 2024

Leia também: Silas Malafaia faz sociedade com suspeito de pirâmide de criptomoedas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.