Polygon, Solana e Cardano superam Ethereum na atração de novos desenvolvedores

Os principais concorrentes do Ethereum (ETH) aparentemente estão atraindo mais a atenção dos desenvolvedores. A conclusão partiu de um relatório da Electric Capital, que analisa dados de desenvolvedores ativos por cada rede.

De acordo com o relatório, entre dezembro de 2020 e dezembro de 2021, pelo menos quatro redes tiveram mais desenvolvedores ativos do que o ETH. A Cardano (ADA), por exemplo, embora criticada pela sua inatividade, teve 100% mais atividade do que o ETH.

O Near Protocol (NEAR) registrou 300% mais atividade do que o ETH no período analisado. Todavia, a grande vencedora foi a Solana (SOL), com 390% mais desenvolvedores ativos do que o ETH.

No entanto, Ethereum ainda é de longe o maior ecossistema. Segundo a Electric Capital, houve um crescimento de 42% dos desenvolvedores ativos no protocolo em 12 meses. A rede também possui o maior número de desenvolvedores totais, com 4.011 pessoas.

A Polkadot (DOT) é a segunda rede em número de desenvolvedores, com 1.500 desenvolvedores no total. Outros grandes ecossistemas, Cosmos (ATOM) e SOL possuem cerca de 1.000 desenvolvedores cada.

O Bitcoin (BTC), por sua vez, registrou 673 desenvolvedores ativos mensais, alta de 9% no período.

Mercado em forte expansão

Além de dados específicos, o relatório também analisou o crescimento do mercado como um todo, que hoje conta com 18.413 desenvolvedores ativos por mês. No entanto, o ano de 2021 chegou a contar com mais de 34 mil novos desenvolvedores ativos, um recorde histórico neste quesito.

Esses desenvolvedores participaram de commits em código em criptografia de código aberto – como o BTC – ou na criação de projetos Web 3.0. Desse total, mais de 4.011 desenvolvedores de código aberto ativos mensais trabalham no Ethereum e cerca de 673 trabalham no Bitcoin (BTC).

De acordo com o relatório, 11 projetos contam com pelo menos 250 desenvolvedores mensais ativos. Praticamente todos são conhecidos da comunidade:

  • Ethereum;
  • DOT;
  • Cosmos (ATOM);
  • SOL;
  • BTC;
  • Binance Smart Chain (BSC);
  • NEAR;
  • Avalanche (AVAX);
  • Tezos (XTZ);
  • Polygon (MATIC);
  • ADA.

“Ethereum continua a ter o maior ecossistema de ferramentas, aplicativos e protocolos e é 2,8x maior do que o segundo maior ecossistema. Um em cada cinco novos desenvolvedores que entram no Web3 trabalha no Ethereum.”

Alta concentração

Apesar do crescimento recorde de desenvolvedores na Web 3.0, é importante notar que o ecossistema sofre dois problemas. Em primeiro lugar, o total de desenvolvedores ativos é uma fração ínfima comparada aos engenheiros de software que atuam globalmente.

Em segundo lugar, há uma grande concentração de valor nas mãos de poucos desenvolvedores. A Electric Capital ressalta que menos de 10% desse total de desenvolvedores trabalha nos maiores projetos.

“Menos de 1.000 desenvolvedores em tempo integral são responsáveis por mais de [USD] 100 bilhões no valor total bloqueado em contratos inteligentes”, disse o relatório.

Para obter os resultados de seu relatório, a Electric Capital usou cerca de 500 mil repositórios de código e 160 milhões de commits, que são revisões ou atualizações em projetos de criptomoedas.

Leia também: Governo do Cazaquistão corta Internet e afeta 18% no hash rate do Bitcoin 

Leia também: BTCS torna-se primeira empresa a pagar dividendos em Bitcoin

Leia também: Ethereum vai se descolar da baixa do BTC e se prepara para subir 50% diz analista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.