Poloniex anuncia suporte para mineradores que não aceitam Ethereum 2.0

A Poloniex, uma das exchanges de criptomoedas mais antigas do mercado, entrou em uma briga envolvendo o ETH 2.0. Isso porque a exchange anunciou que vai apoiar todos os forks em torno do The Merge, do Ethereum.

De acordo com a empresa, todos os usuários que tiverem ETH na exchange vão receber moedas dos forks. Isso ocorre, pois diversos grupos de mineradores pretendem continuar mantendo a rede Ethereum com PoW (Prova de Trabalho).

Ou seja, esse grupo de mineradores continuará na blockchain original do Ethereum e não irão aderir ao The Merge.

“Para mitigar os riscos de volatilidade do mercado e salvaguardar os ativos de seus usuários. A partir deste 8 de agosto a exchange listará dois tokens ETH potencialmente bifurcados”, disse a empresa.

Poloniex

Com o anúncio, a exchange confirmou a listagem do ETHW (com prova de trabalho) que seria o Ethereum como ele é hoje. E também vai listar o ETHS (com proof-of-stake), que será o ETH 2.0.

Antes de The Merge a Poloniex fará um snapshot dos saldos de seus usuários para creditar os fundos correspondentes. Além disso, a empresa informou que se a cadeia não for bifurcada, manterá o ETH como correspondente ao Etherem 2.0

A Poloniex alerta para os riscos que podem estar envolvidos na troca dos ETHW e na sua detenção durante o The Merge. A exchange também explicou que, se houver mais forks do Ethereum, a plataforma fornecerá suporte e alocará os fundos de cada um deles. Destaca-se que a Poloniex foi a primeira exchange a listar o fork Ethereum Classic, em 2016.

The Merge é a transição da rede ETH de um modelo de consenso de proof-of-work (PoW) para proof-of-stake (PoS). Ou seja, a mineração com uso de energia elétrica será abandonada na nova rede.

Diversos analistas vêm apontando que o The Merge será o grande catalizador de valor para o Ether (ETH). Eles acreditam que a ETH poderá romper com o mercado de baixa e até mesmo superar o valor de mercado do Bitcoin. Além disso, eles acreditam que, após o The Merge, muitas sidechains podem morrer sem uso.

Leia também: Boticário e Eudora lançam coleção de NFTs em parceria com Sabrina Sato e fotógrafa cripto

Leia também: Bancos de Portugal fecham contas de empresas que trabalham com criptomoedas

Leia também: BNB cresce em relação às suas principais concorrentes: hora de comprar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.