Nubank revela cartão com suporte para Apple Pay e cashback

O Nubank revelou nesta terça-feira (6) as características do seu novo cartão de crédito, o Ultravioleta. O produto será compatível com Apple Pay, sistema de pagamento por aproximação do iPhone, e terá um cashback instantâneo de 1% que renderá 200% do CDI.

Conforme destacou a fintech, a ideia é que o cartão seja uma alternativa premium para os usuários millennialsO produto da bandeira Mastercard será confeccionado em metal e só terá registrado o nome do usuário.

O número do cartão só estará disponível para consulta por meio do aplicativo do banco digital. A novidade é uma maneira de evitar que os dados do cartão sejam copiados para golpes e fraudes. 

Cartão ultravioleta Nubank vai dar 1% de cashback

De acordo com o Nubank, o cashback imediato de 1% será dado sobre todas as compras pagas com o novo cartão.

Como mencionado, esse dinheiro que o cliente receberá de volta terá um rendimento automático de 200% do CDI. No entanto, esse percentual é inicial e poderá ser alterado a qualquer momento, segundo a fintech.

Além do design diferente, do cashback e da integração com o Apple Pay, o cartão conta com benefícios como seguros de viagem e acesso a salas VIP em aeroporto.

O cartão será gratuito para clientes que tiverem um gasto mensal médio de R$ 5 mil no cartão de crédito ou investimentos a partir de R$ 150 mil no Nubank ou na Easynvest.

Para os demais usuários, será cobrada uma taxa mensal de R$ 49 que será descontada automaticamente da fatura do cartão.

Em todos os casos, o cartão exibirá, sob luz ultravioleta, uma mensagem secreta para cada usuário — serão sete frases ao todo.

Os primeiros cartões começarão a ser distribuídos já nesta semana para usuários selecionados. Como o produto será confeccionado fora do Brasil, por ser de metal, é provável que a produção seja limitada neste ano.

Integração com Apple Pay

Conforme informou a fundadora do Nubank, Cristina Junqueira, a integração do cartão com a plataforma Apple Pay foi uma questão de prioridade. Afinal, os grandes bancos no Brasil já oferecem o recurso bem como algumas startups concorrentes:

“Focamos em outras coisas, como entrar no México e na Colômbia, e isso acabou competindo com o Apple Pay. Para o público do ultravioleta, temos uma penetração de iOS [sistema operacional do iPhone] mais alta e acaba sendo mais representativo. Então, fez sentido priorizar.”

Contudo, Junqueira destacou que o Apple Pay não será exclusivo do cartão ultravioleta. Ou seja, o recurso poderá ser usado por todos os 40 milhões de clientes do Nubank no Brasil.

Em fevereiro deste ano, o banco digital lançou a integração com a carteira digital do Google, principal concorrente da Apple.

O evento de lançamento do produto contou com a presença de Anitta, que recentemente, ingressou no conselho do banco digital.

Leia também: AAVE e Compound valorizam ao anunciar serviços DeFi para instituições

Leia também: Ethereum, SNX e ZIL podem saltar até 30% no curto prazo; entenda como

Leia também: Micos da bolsa: cinco ações para não investir em 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.