Novo relatório de reservas da Tether (USDT) confirma queda de 58% em papéis comerciais

Logo após informar que contratou uma nova empresa para auditar as reservas de sua stablecoin USDT, a Tether emitiu um novo relatório de reservas.

O documento foi assinado pela nova contratada da Tether, a BDO Italia, e divulgado nesta sexta-feira (19). No relatório, a empresa de auditoria reafirmou que a empresa reduziu em 58% as suas participações em papéis comerciais em relação ao trimestre anterior. O valor caiu de cerca de R$ 104 bilhões (US$ 20 bilhões) para R$ 44,3 bilhões (US$ 8,5 bilhões) em 30 de junho.

Relatório de reservas de Tether para a USDT

Além disso, no documento, a Tether reforçou seus planos para reduzir as suas participações em papéis comerciais para o equivalente a R$ 1 bilhão, ou US$ 200 milhões, até o fim de agosto e para zero até o final deste ano.

“Conforme anunciado anteriormente, a exposição a papéis comerciais cairá para 200 milhões até o final de agosto de 2022 e para zero antes do final do ano”, diz um post no site da Tether. “Durante o mesmo período, a Tether aumentou suas participações em dinheiro e depósitos bancários em 32%.”

Ainda segundo o relatório, as reservas da USDT têm agora, R$ 150 bilhões (US$ 28,9 bilhões) em títulos do Tesouro dos EUA; cerca de R$ 35,5 bilhões (US$ 6,8 bilhões) em fundos do mercado monetário; R$ 28 bilhões (US$ 5,4 bilhões) de dinheiro e depósitos bancários; acordos de recompra reversa de quase R$ 15,6 bilhões (US$ 3 bilhões); e títulos do Tesouro não americanos de cerca de R$ 2 bilhões (US$ 397 milhões).

O relatório considera as participações da Tether em 30 de junho, confirmando que na época a Tether tinha US$ 66,4 bilhões em ativos. O valor é suficiente para cobrir o valor de mercado total da USDT que, hoje, é de US$ 66,3 bilhões.

CTO da Tether destaca transparência da empresa

De acordo com o CTO da Tether, Paolo Ardoino, a utilidade da Tether “continua a ser apoiada pela transparência de suas reservas e tem sido uma das principais fontes de estabilidade”. Segundo ele, isso permite à empresa construir uma ferramenta para a economia global.

“O nosso compromisso com a transparência e a comunidade é um pilar de longa data no ethos subjacente da empresa e está alinhado com nossa responsabilidade como líder de mercado”, completou ele.

Conforme noticiou o CriptoFácil na quinta-feira (18), a Tether contratou a BDO Italia como sua nova empresa de contabilidade. De acordo com o anúncio, a empresa será responsável por produzir relatórios sobre as reservas da USDT.

Conforme declarou o CTO da Tether e da Bitfinex, Paulo Ardoino, todos os relatórios serão públicos e divulgados uma vez por mês em vez de trimestralmente.

Leia também: CME lançará opções de ETH três dias antes do The Merge

Leia também: Donos da suposta pirâmide de criptomoedas MSK são alvo de ação policial

Leia também: Maior pool de mineração do Ethereum não dará suporte a hard fork

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.