Gráficos mostram até onde Cardano, Chainlink e Shiba Inu podem cair

Nas últimas 24 horas, Cardano (ADA), Chainlink (LINK) e Shiba Inu (SHIB) já desvalorizaram cerca de 20%. No entanto, o pior ainda pode estar por vir. Analistas apontam que os preços dessas criptomoedas ainda podem recuar mais 40% nos próximos dias.

Desde segunda-feira (21), as altcoins estão sofrendo fortes correções seguindo o movimento baixista do Bitcoin que, nesta terça-feira, caiu abaixo de US$ 30.000 pela primeira vez desde janeiro.

Cardano pode cair para US$ 0,60

Desde que atingiu sua máxima histórica de US$ 2,45 em maio, Cardano já perdeu quase 60% de seu valor. Apenas na última semana, ADA desvalorizou 35%.

Neste momento, está custando US$ 1, ou R$ 5, na cotação em reais. Trata-se do valor mais baixo para a criptomoeda em cerca de um mês.

Cardano

Conforme apontou o analista Crispus Nyaga, o gráfico diário mostra que o preço da ADA tem apresentado forte tendência de queda. Além disso, a 5ª maior criptomoeda em valor de mercado caiu abaixo das médias móveis de 50 e 200 dias.

“Portanto, Cardano provavelmente continuará caindo, já que os ursos atingem o nível de retração de 78,6% em US$ 0,60 [R$ 3], que é cerca de 40% abaixo do nível atual”, explicou Nyaga.

Por outro lado, caso o preço da altcoin consiga superar o nível de resistência em US$ 1,27, a previsão de baixa será invalidada.

Chainlink pode recuar mais 30%

Quem também está dando sinais de novas correções é a Chainlink que já recuou 71% desde sua máxima de US$ 52,70 em maio.

Nos últimos 7 dias, a 14ª maior criptomoeda em valor de mercado já viu seu preço derreter 38,55%. No momento da escrita, a altcoin está sendo negociada em US$ 15,34 (R$ 77), o menor preço em um mês.

Chainlink

Apesar de já ter perdido boa parte de seu valor, LINK pode cair ainda mais segundo o analista Eno Eteng. De acordo com sua análise, a expectativa é que a criptomoeda continue sofrendo pressão de baixa.

“Este movimento de preço pode se estender para US$ 13,80, com US$ 10,68 (mínimos no final de dezembro de 2020) se alinhando como metas de suporte adicionais.”

Caso a previsão pessimista se confirme, Chainlink terá recuado 30% em relação ao preço atual.

Entretanto, a perspectiva pode ser invalidada se o preço superar os suportes em US$ 20,12 e US$ 22,47. Nesse caso, a criptomoeda poderia alcançar US$ 28,76 (R$ 144).

Shiba Inu ainda pode cair 38%

Por fim, previsões de novas correções também rondam a moeda digital meme Shiba Inu. Embora SHIB já tenha recuado cerca de 20% na última semana, a expectativa é que o movimento de baixa continue.

Shiba Inu

Conforme destacou o analista Sheldon McIntyre, desde a alta de US$ 0,00000912 em 15 de junho, o preço de Shiba Inu caiu mais de 35%. Neste momento, a criptomoeda está cotada em US$ 0,00000577.

McIntyre explicou que se o preço da altcoin não sustentar o nível de suporte de US$ 0,00000550, pode cair ainda mais:

“Os especuladores do mercado devem reconhecer o próximo suporte na extensão de desvantagem de Fibonacci de 138,2% do salto de 19 de maio em US$ 0,00000354, equivalente a um declínio de 38% do preço atual de Shiba Inu.”

Leia também: Mineradores de Bitcoin já começam a deixar a China; EUA e Cazaquistão são destinos

Leia também: Bitcoin pode cair mais 40% se perder importante suporte

Leia também: Bitcoin ameaça voltar aos US$ 30.000; ADA, XRP e BNB derretem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.