GAS: PF acha R$ 20 milhões em espécie com dono da suposta pirâmide que movimentou R$ 2 bi

A Polícia Federal apreendeu até o momento, R$ 20 milhões em espécie na casa do dono da GAS Consultoria Bitcoin. Na manhã desta quarta-feira (25), Glaidson Acácio dos Santos foi preso, durante a Operação Kryptos. Ele é acusado de liderar um esquema de pirâmide financeira em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

A ação em questão foi deflagrada pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e Receita Federal.

Cerca de 120 agentes foram deslocados para cumprir 7 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão. 

R$ 20 milhões apreendidos: “Nem na Lava-Jato”

De acordo com as investigações, o chefe do GAS Consultoria Bitcoin movimentou em suas contas bancárias R$ 2 bilhões.

A empresa é apontada como sendo a maior pirâmide financeira de Cabo Frio. Recentemente, a cidade ganhou o apelido de Novo Egito devido à quantidade de pirâmides na região.

Glaidson dos Santos foi preso por volta das 6 horas da manhã de hoje em uma mansão na Zona Oeste do Rio.

A PF apreendeu no local, uma quantia em reais, dólares e euros que impressionou até mesmo os agentes. Um deles chegou a afirmar que “nem na Lava-Jato” tinham visto tanto dinheiro em espécie.

Sobre a apreensão, a defesa de Glaidson disse, em nota, que embora o valor seja alto, não é, necessariamente, ilícito:

“Foi uma surpresa. Não esperávamos isso, não tínhamos conhecimento de algum tipo de procedimento ou investigação que pudesse levar a tal situação. R$ 20 milhões é uma quantia exacerbada e alta. Mas não é uma quantia que você possa afirmar que é oriunda de prática criminosa. Ganhar dinheiro, ter R$ 20 milhões em casa, isso por si só, não é um crime”, disse o advogado Thiago Minagé ao G1.

Além dos R$ 20 milhões encontrados na casa, a PF informou que a GAS também era a dona dos quase R$ 7 milhões apreendidos em malas em um helicóptero em Búzios. 

PF prende mais dois envolvidos na GAS

Na operação, a PF também prendeu o trader Arthur Leite, contratado por Glaidson, na sede da GAS, no centro de Cabo Frio.

Além disso, outro homem, identificado como Tunay Pereira Lima, foi detido pela PF no Aeroporto de Guarulhos, quando tentava embarcar para Punta Cana, na República Dominicana, para um evento da GAS.

“Os investigados poderão responder, na medida das suas responsabilidades, pelos crimes de gestão fraudulenta/temerária instituição financeira clandestina, emissão ilegal de valores mobiliários sem registro prévio*, organização criminosa e lavagem de capitais, e, se condenados, poderão cumprir pena de até 26 anos de reclusão.

Sócio da GAS pede ajuda para acalmar clientes

Após a prisão de Glaidson, os chamados “consultores” receberam áudios em grupos de WhatsApp pedindo que tranquilizassem os clientes:

“Contamos com você, consultor, para poder acalmar os nossos clientes”, disse um homem ligado ao dono da GAS. “Essa suspeita de que é uma pirâmide e tudo mais. Tá [sic] sendo feitas denúncias. Passou no jornal, isso e aquilo outro. A Polícia Federal decretou a prisão preventiva dele para que ele preste os esclarecimentos… Para que ele também não cause nenhum obstáculo nas investigações… Isso é padrão da Polícia. Isso é normal acontecer”, disse.

O homem também confirmou que o negócio continua de pé e que o pagamento do dia 26 “já está na conta”:

“Daqui a pouquinho o pessoal do financeiro vai estar liberando esse valor. E a gente vai pra cima. O trabalho vai continuar (…) porque o trabalho da GAS não depende do Glaidson, como ele mesmo falou na última reunião. E a gente vai seguir em frente.”

A GAS Consultoria Bitcoin era uma empresa que prometia lucros de 10% ao mês sobre supostos investimentos em criptomoedas.

Contudo, as investigações revelaram que a GAS não realizava, de fato, aplicações em moedas digitais.

Leia também: PF vai usar Lamborghini do “Rei do Bitcoin” avaliada em R$ 800 mil

Leia também: Quem não investir em criptomoedas hoje vai se arrepender, diz Felipe Neto

Leia também: Criptomoedas receberão tags digitais “padrão ISO” que ajudarão a popularizar mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.