Galaxy Digital lança modelo para calcular custos de mineração de Bitcoin

A Galaxy Digital, empresa de gestão de investimentos e serviços financeiros, lançou nesta terça-feira (23) um modelo para calcular os custos de mineração de Bitcoin.

Para isso, a companhia se baseou nos dados relatados por empresas de mineração em registros regulatórios.

A novidade foi divulgada primeiro pela Forbes nesta terça-feira (23).

Cálculos de mineração

Conforme observou a chefe de mineração da Galaxy Digital, Amanda Fabiano, não existe uma abordagem universalmente aceita para os cálculos de mineração. Além disso, há pouco transparência quanto aos dados fornecidos pelas empresas que mineram criptomoedas:

“Percebemos que quando você olha para as empresas públicas de mineração, há realmente algumas métricas que todas elas relatam. É a taxa de hash atual, a capacidade futura esperada e o custo para minerar uma moeda. Então, cavamos um pouco e vimos que todos diferem em como calculam seu custo por moeda; não é muito transparente.”

Com base nessas limitações, Amanda e sua equipe decidiram construir seu próprio modelo para calcular o custo de uma criptomoeda.

Mais precisamente, a equipe usou três níveis de análise para dividir os custos entre despesas diretas e indiretas. Ao mesmo tempo, eles contabilizaram a depreciação dos equipamentos.

Primeiramente, a companhia calculou um custo marginal de produção. Esse cálculo envolve custos de energia e hospedagem, mas não considera quaisquer despesas de capital para construir uma instalação ou comprar novas máquinas.

Em segundo lugar, eles determinam o custo direto de produção adicionando um cronograma de depreciação definido.

Naturalmente, a depreciação das máquinas irá variar dependendo da eficiência de uso, manutenção, etc., mas a Galaxy escolheu um período de três anos.

Por fim, eles compuseram um custo total de produção ao incluir o custo do trabalho.

Código-fonte aberto

Junto com o relatório, a empresa também está abrindo o código-fonte de seu modelo para experimentação por meio de uma planilha do Excel.

De acordo com Brandon Bailey, associado de mineração da Galaxy, a empresa quis criar uma planilha intuitiva em que as pessoas soubessem exatamente o que procurar.

Além disso, a ferramenta permite que qualquer empresa se conecte diretamente ao arquivo para calcular automaticamente os diferentes níveis de custo de produção.

“Nós realmente tentamos torná-lo o mais amigável possível para que qualquer pessoa pudesse pegá-la e fazer seus cálculos”, disse Bailey.

O executivo explicou ainda que, assim como qualquer modelo, ele faz certas suposições importantes e exclui certas variáveis ​​para se concentrar nos dados mais relevantes.

Por exemplo, o modelo da Galaxy não incorpora itens como capacidade futura de mineração; receita gerada pela valorização de preços; eficiências relativas de renovação vs. fontes de energia de combustível fóssil. Segundo Bailey, isso pode ser adicionado por outros analistas usando os modelos.

Leia também: Bloqueio de Dogecoin na Binance gera discussão entre Elon Musk e CZ

Leia também: The Sandbox: Adidas insinua entrada no Metaverso e faz token atingir máxima histórica

Leia também: Criadora do Pokémon Go vai construir o metaverso do “mundo real” com aporte bilionário recebido

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.