Fundo focado 100% no mercado de maconha é lançado no Brasil pela Vitreo

Após lançar fundos de investimento em criptomoedas e em ouro, a gestora brasileira Vitreo entra no mercado de cannabis — a famosa maconha. Para isso, ela liberou o acesso ao Vitreo Cannabis Ativo, fundo que investe no mercado de cannabis nos Estados Unidos.

O fundo existe desde 2019, porém, agora teve sua liberação aberta para investidores em geral. O movimento tem como objetivo aproveitar uma lei que pode revolucionar o mercado estadunidense.

Pequeno investidor poderá investir em maconha

O produto é acessível para o público em geral, sem limitações. Ele tem investimento inicial de R$ 1 mil, com aportes mínimos de R$ 100.

A taxa de administração total do fundo é de 0,72% ao ano e ele não cobra taxa de performance. Desde o lançamento, sua rentabilidade já é superior a 23%, enquanto o CDI rendeu 19% no mesmo período.

Ele tem uma exposição de 100% ao mercado de cannabis. A alocação é deita de forma indireta, com 80% do capital do fundo investido em ETFs de cannabis e 20% no fundo Canabidiol, que também é gerido pela Vitreo.

Alto risco, enorme potencial

Mesmo com um risco alto, o mercado de cannabis possui um enorme potencial. Estima-se que os lucros com a legalização podem atingir até US$ 1,2 bilhão em 2023. O valor equivale a R$ 6,2 bilhões na cotação atual.

“O SAFE BANKING ACT é o que chamamos de catalisador. Ele tem o potencial de destravar um volume financeiro sem precedentes e proporcionar uma grande transformação para o setor da cannabis, com resultados vistos já no curto prazo”, afirmou George Wachsmann, gestor da Vitreo.

Junto com o fundo, a Vitreo lançou um documentário intitulado Cannabis Act: O decreto de bilhões de dólares. Dividida em três episódios, a obra explica desde o cenário atual até as oportunidades de investimento.

Na primeira parte ele mostra a situação atual do mercado. No segundo episódio, apresenta o potencial da indústria, entre eles o medicinal e terapêutico. Por fim, o último capítulo explica a oportunidade de investir na tese por meio do Cannabis Ativo.

Investimento chega em bom timing

A tese chega em um momento ideal inclusive para o cenário brasileiro. Recentemente, o Congresso Nacional começou a discutir a legalização da cannabis para fins medicinais no Brasil.

O Projeto de Lei (PL) 399/15, que regulamenta esse mercado, chegou a ser discutido na Comissão Especial da Câmara na última terça-feira (18). No entanto, houve tumulto durante a sessão, que acabou sendo suspensa. Ainda não há uma data para uma nova sessão.

Leia também: Mercado de criptomoedas se recupera e semana pode ser de alta

Leia também: 4 criptomoedas para ficar de olho esta semana, recomenda trader

Leia também: Os 3 maiores mitos sobre o mercado de ações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.