Ethereum quase rompe R$ 23.000; analistas falam sobre seu futuro

O Ethereum (ETH) abriu mais um dia com forte alta. Nesta quarta-feira (12), a criptomoeda já valoriza 9%, registrando máximas históricas em dólar e real.

Na máxima do dia, a ETH chegou a superar os US$ 4.370, correspondendo a quase US$ 23 mil. Mesmo com uma leve correção, a criptomoeda segue cotada acima dos US$ 4,2 mil.

No momento da escrita desta matéria, a ETH vale US$ 4.293, ou R$ 22.498 na cotação em reais.

Gráfico Ethereum

Vale mais do que bancos

Após o novo recorde, a ETH também quebrou outra marca importante. Pela primeira vez desde seu lançamento, em 2015, a criptomoeda superou os US$ 500 bilhões em valor de mercado.

Este valor corresponde a R$ 2,6 trilhões na cotação atual. A marca fez a ETH superar nada menos que o banco JPMorgan Chase e a processadora de pagamentos Visa. Ambas são as maiores empresas do mundo em suas respectivas áreas.

Neste momento, a ETH possui cerca de US$ 499 trilhões em valor de mercado. O JPMorgan e a Visa, por sua vez, possuem US$ 479 bilhões e US$ 496 bilhões, respectivamente.

Além desses dois gigantes, a ETH também já superou o valor de mercado da Mastercard (US$ 361 bilhões), Bank of America (US$ 356 bilhões) e do PayPal (US$ 292 bilhões).

Lucro com mineração cresce

Não é só a ETH em si que está gerando lucros. A atividade de mineração também está com receitas mais expressivas do que o próprio BTC.

Os mineradores de ETH lucraram US$ 77 milhões em receita diária. O valor é US$ 10 milhões a mais que os US$ 67 milhões gerados pelos mineradores de BTC.

Esses dados são uma média móvel de 7 dias. Apesar de indicarem uma tendência de curto prazo, eles reforçam que a atividade está mais lucrativa.

Recentemente, a explosão das chamadas “criptomoedas-meme” fez as taxas no Ethereum disparar. O fato pode ter contribuído para este aumento no lucro dos mineradores.

O que virá pela frente?

A valorização da ETH segue irrefreável durante a semana. Com 27,38% de alta no período, ela possui o maior avanço acumulado entre as dez maiores criptomoedas em valor de mercado até o momento.

Para muitos traders, esta tendência de alta está longe de acabar. Contudo, a ETH possui importantes resistências para serem quebradas.

Uma delas, por exemplo, é a região dos US$ 4.380 mil. A criptomoeda chegou a atingir este preço, mas por enquanto falhou em seguir com a alta. Mas o trader Aayush Jindal coloca este como um importante nível de preço.

“Rompimento claro acima do nível de US$ 4.380 pode definir o ritmo para um aumento maior. A próxima meta pode estar perto do nível de US$ 4,5 mil”, explicou

Caso ela consiga superar essa resistência de forma sólida, o cenário é de continuidade de alta. Em caso de falha, a ETH pode iniciar uma correção que pode levar a criptomoeda abaixo dos US$ 4 mil.

ETH/USD

Leia também: Brasileira Hashdex recebe investimentos de Coinbase e SoftBank

Leia também: ADA e projetos da Cardano podem dar bons lucros, afirma trader

Leia também: 5 tokens estão na mira da Coinbase e podem disparar em breve

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.