Estudantes de 29 países participam de curso sobre cripto da Tether em Lugano

Um total de 86 estudantes de 29 nações, entre elas o Brasil, participaram do curso de verão Plano ₿ Summer School promovido pela Tether, emissora da USDT, na cidade de Lugano, na Suíça. O objetivo da ação é cultivar uma geração de novos talentos em blockchain e em ativos digitais.

De acordo com a Tether, o programa em parceria com a Cidade de Lugano visa levar a educação cripto às massas. Dessa forma, a ideia é moldar uma nova geração de empresários, de estudantes e de pesquisadores.

Plano ₿ Summer School

Segundo a empresa, o Plano ₿ Summer School reuniu jovens de todo o mundo. Eles aprenderam sobre os desafios de uma nova indústria bem como sobre as suas implicações tecnológicas.

Os estudantes eram de países como, por exemplo, Itália, Suíça, Taiwan, Ucrânia, Canadá, Holanda, Dubai, Brasil, México, Colômbia, Austrália e Alemanha.

“O grande interesse de estudantes de todas as origens é prova do interesse global na tecnologia do Bitcoin e da Blockchain e da necessidade de mais programas educacionais para abordar os meandros da indústria”, disse a Tether.

Além disso, a empresa ressaltou que um em cada três alunos do Plano ₿ Summer School eram mulheres. E uma grande parte dos alunos eram millennials com formação em economia, finanças, marketing e direito.

Lugano recebe curso de cripto

Conforme destacou a Tether, o fato de programa atrair o interesse de uma população bem diversa e com diversas experiências reflete o interesse ao nível global em BTC e Blockchain.

“O Plano ₿ Summer School me proporcionou uma oportunidade incrível de trabalhar em rede com pessoas de todo o mundo, bem como de aprofundar o meu conhecimento sobre a indústria da blockchain e cripto”, disse Rodrigo Pecoraro, um estudante italiano que participou do programa.

Segundo ele, que tem uma formação em gestão de ativos, “foi muito interessante ver uma nova maneira de gerenciar os ativos na economia digital”.

Enquanto isso, o CTO da Tether, Paolo Ardoino, disse que a Tether vê na educação a chave para a inovação:

“Eu fiquei encantado em trabalhar de forma direta com uma nova geração de talentos que se esforçam para entender a blockchain e as tecnologias descentralizadas”, disse ele.

Ainda segundo Ardoino, o objetivo era incentivar as pessoas a participarem de empresas da web 3.0 ou se aventurarem em sua própria jornada empreendedora.

Para isso, foi oferecida uma vasta quantidade de tecnologias de código aberto que estão disponíveis hoje.

“Como uma indústria, é nossa responsabilidade fornecer as ferramentas necessárias para embarcar novos construtores e líderes. O Plano ₿ Summer School deu o primeiro passo para tornar isso uma realidade em Lugano”, disse ele.

Conteúdo do curso

Ao longo do curso, os alunos aprenderam sobre o protocolo do Bitcoin, sobre Lightning Network (LN), stablecoins, os mecanismos de consenso cripto e os fundamentos do ecossistema.

O Plano ₿ Summer School teve o patrocínio da Tether, da Bitfinex, da Cidade de Lugano, da rede Polygon, da Alber Blanc e de outros.

Além disso, a Tether e a Cidade de Lugano também fizeram uma feira de empregos para seguir promovendo o futuro da blockchain.

“Estamos mais que entusiasmados com a participação e com o comparecimento no Plano ₿ Summer School. Nós acreditamos que Lugano deixou a sua marca como um centro cripto e de educação”, disse Michele Foletti, Prefeita da Cidade de Lugano.

Leia também: Crypto.com libera compra de criptomoedas através do Google Pay

Leia também: 99Pay adiciona 4 criptomoedas à plataforma: ETH, USDC, SOL e MANA

Leia também: Força-tarefa da Coreia do Sul realiza busca e apreensão na casa de cofundador da Terraform Labs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.