Edição do CriptoAwards premia nomes de destaque da criptoesfera brasileira

O ano de 2021 foi bastante desafiador para o mercado de criptomoedas, mas também registrou uma grande expansão. Afinal, o Brasil registrou um enorme crescimento de empresas, pessoas e instituições que passaram a ter atuações relevantes nesta área.

E foi para premiar os maiores destaques do ano que ocorreu a terceira edição do CriptoAwards, maior premiação da criptoesfera nacional. Realizado em 26 de março durante o Bitsampa 2022, o evento também se expandiu conforme o ritmo do mercado.

A edição de 2022 contou com 25 indicados em cinco categorias um forte aumento frente à edição de 2021, que teve nove indicados em três categorias. Por outro lado, o evento deste ano foi realizado de forma 100% presencial no auditório do Expo Center Norte, em São Paulo.

Troféu e premiação

Enquanto a edição de 2021 homenageou o criador do Bitcoin (BTC), o troféu de 2022 homenageou Vitalik Buterin, criador do Ethereum (ETH). O prêmio também mudou, sendo entregue em formato de placa ao invés do tradicional troféu.

Foram seis categorias ao todo: exchange nacional, exchange estrangeira, CriptoBanco, Influencer masculino, Influencer feminino e Empresa Destaque. Da mesma forma que na edição passada, o público escolheu entre os cinco indicados através de votação online realizada antes da cerimônia de entrega.

Na entrega dos prêmios, os vencedores tiveram a oportunidade de subir ao palco e fazer seus agradecimentos ao público votante. Alguns não puderam comparecer, mas enviaram seus agradecimentos por meio de vídeos. Veja agora quais foram as categorias e seus respectivos vencedores

Exchange Nacional

A categoria de exchange nacional premiou as exchanges criadas no Brasil, ou seja, fundadas por cidadãos brasileiros. Houve uma disputa acirrada entre todos os granes players do mercado, e a grande vencedora foi a Mercado Bitcoin.

Maior entre as exchanges nacionais, a Mercado Bitcoin possui mais de 3 milhões de clientes e diversos serviços. Juntamente com a negociação de criptomoedas, a plataforma também opera fan tokens, tokens lastreados em precatórios e outros investimentos.

Os demais indicados a esta categoria, bem como suas respectivas colocações, foram:

2) BitcoinTrade;
3) BitPreço;
4) Foxbit;
5) PagCripto.

Exchange Estrangeira

Categoria que engloba as exchanges que podem ou não atuar no Brasil, mas que surgiram e têm suas sedes em outros países. Esta categoria inclui algumas das maiores empresas de criptomoedas do mundo, como Crypto.com, Coinbase e Binance.

A vencedora foi justamente a Binance, maior exchange do mundo e a mais utilizada no Brasil. De acordo com o site CoinTraderMonitor, a Binance possui o maior volume e a maior fatia de mercado do país, respondendo por 53% de todas as negociações de criptomoedas do Brasil.

Uma semana antes da realização do Crypto Awards, o CEO da Binance esteve presente ao Brasil e se encontrou com líderes políticos. Changpeng “CZ” Zhao se comprometeu a seguir as leis brasileiras e também afirmou que planeja expandir suas atividades no país.

Em nota ao CriptoFácil, a Binance agradeceu pelo reconhecimento do público através do CriptoAwards. Os demais indicados a esta categoria, bem como suas respectivas colocações, foram:

2) FTX;
3) Bitso;
4) Kucoin;
5) OKX.

CriptoBanco

A terceira categoria da premiação inclui os bancos digitais e instituições financeiras criadas para estimular a adoção em massa das criptomoedas. Estes bancos normalmente funcionam de forma híbrida, permitindo a abertura de contas em reais e carteiras de criptomoedas no mesmo serviço.

Nesse sentido, os CriptoBancos pegam a contramão dos bancos tradicionais, que costumam fechar contas de quem opera com criptomoedas. Portanto, eles fornecem alternativas para quem deseja negociar criptomoedas sem ter o risco de ver sua conta bancária encerrada arbitrariamente.

O vencedor desta categoria foi o Capitual, banco 100% digital que oferece contas bancárias e carteira de criptomoedas. O Capitual também fornece gateways de pagamento para os clientes que desejam aceitar criptomoedas em seus estabelecimentos comerciais.

“(O CriptoAwards) Representa a maturidade do mercado cripto, já com um ecossistema formado por um número significativo de empresas, corretoras, profissionais e investidores que possibilita realizar uma premiação desta magnitude. Nós, do Capitual, nos sentimos comprometidos em atuar para o desenvolvimento do universo cripto, expandindo com seriedade e qualidade as possibilidades que a tecnologia blockchain proporciona. Parabenizamos os organizadores por esta iniciativa!”, disse o banco.

Os demais indicados a esta categoria, bem como suas respectivas colocações, foram:

2) Alter;
3) MeuBank;
4) ZroBank;
5) Monnos.

Influencer Masculino

Esta categoria trouxe os cinco candidatos cuja opinião e conteúdos mais exerceram influência no mercado. Por estar em maior contato com o público, a categoria de influencer reuniu as maiores divulgações e pedidos de votos entre a comunidade.

No final, o grande vencedor entre os influencers masculinos foi o Criptomaníacos, canal com 275 mil inscritos e criado por Guilherme Rennó. O canal traz uma grande variedade de conteúdos que passa pelas análises técnicas até conteúdos de cunho mais filosófico.

Rennó não pôde comparecer ao Bitsampa, mas enviou um agradecimento em vídeo que foi exibido no anúncio do vencedor.

“Não esperava receber essa premiação, para ser sincero, mas o público do Criptomaníacos foi realmente maníaco e nos ajudou bastante. Agradeço a todos que votaram em nós, ao Cointelegraph Brasil, CriptoFácil e ao Bitsampa. E sobretudo quero agradecer ao estado, que ajudou na criação do Bitcoin e, consequentemente, na criação do Criptomaníacos”, disse Rennó.

Os demais indicados a esta categoria, bem como suas respectivas colocações, foram:

2) Bitnada;
3) Investimentos Digitais;
4) Ulrich;
5) Edilson Osório.

Influencer Feminino

A penúltima categoria tem o mesmo objetivo do influencer masculino, mas é voltada para as mulheres que produzem conteúdo. Sua inclusão é uma amostra do quanto a participação feminina no mercado evoluiu nos últimos anos, pois as cinco candidatas são nomes de bastante relevância.

Quem saiu vencedora desta categoria foi o UseCripto, projeto liderado pela dupla Carol Souza e Kaká Furlan. Criado em 2020, o canal conta atualmente com 151 mil inscritos e uma enorme linha de produtos e conteúdos externos.

Assim como Rennó, as criadoras do UseCripto não puderam comparecer ao Crypto Awards, mas agradeceram ao prêmio por meio de mensagem de vídeo.

“Estamos muito felizes pela premiação do Crypto Awards. Obrigada ao CriptoFácil e ao Bitsampa pelo prêmio, e obrigada a todos que votaram em nós”, disse a dupla.

As demais indicadas a esta categoria, bem como suas respectivas colocações, foram:

2) Flávia Jabur;
3) Nanda Guardian;
4) Thata Saeter;
5) Rafaela Romano.

Empresa Destaque

Por fim, a categoria que reúne as empresas destaque do mercado de criptomoedas, com exceção das exchanges. Esta foi talvez a categoria mais diversificada da premiação, reunindo desde tokenizadoras até gestoras tradicionais com investimentos focados em criptomoedas.

Esta categoria foi vencida pela Liqi, empresa brasileira com foco na tokenização de ativos de diversas naturezas. A Liqi possui uma plataforma completa com diversos produtos, desde tokens de empresas até times de futebol. Com um stand no Bitsampa, a Liqi também apresentou sua nova plataforma para negociação de criptomoedas.

“A Liqi é uma empresa recém constituída e competiu com empresas já consolidadas no mercado, então o fato de termos vencido este prêmio é muito relevante para nós. Vemos essa premiação como um excelente cartão de visitas para nós. Quero agradecer a toda a equipe da Liqi que se mobilizou para a votação e também a todos que votaram em nós”, disse Daniel Coquieri, CEO da Liqi.

As demais empresas indicadas a esta categoria, bem como suas respectivas colocações, foram:

2) Hashdex
3) KriptoBR
4) Bitfy
5) QR Capital

Leia também: OpenSea confirma para abril lançamento de suporte para NFTs da Solana

Leia também: Stepn: move-to-earn paga R$ 5 mil ao mês por corridas diárias de 10 minutos

Leia também: Analista diz que ApeCoin vai se consolidar antes de grande movimento do preço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.