Dono da suposta pirâmide GAS Consultoria Bitcoin é preso no RJ

Foi preso na manhã desta quarta-feira (25), o dono da suposta pirâmide de criptomoedas GAS Consultoria Bitcoin, Glaidson Acácio dos Santos.

A prisão ocorreu no âmbito da Operação Kryptos, deflagrada pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e Receita Federal.

Glaidson Santos foi encontrado pela PF em uma mansão no Itanhangá, na Zona Oeste do Rio. Os agentes também apreenderam no imóvel reais, dólares e euros em espécie e até barras de ouro.

De acordo com a PF, “nem na Lava-Jato” foi encontrado um volume de dinheiro vivo tão expressivo.

Na ação policial, cerca de 120 agentes foram deslocados para cumprir 7 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão. Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal do Rio.

A operação foi realizada nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Ceará e no Distrito Federal. 

Operação Kryptos prende dono da GAS Consultoria Bitcoin

A GAS Consultoria Bitcoin era uma empresa que prometia lucros de 10% ao mês sobre supostos investimentos em criptomoedas.

Contudo, as investigações revelaram que a GAS não realizava, de fato, aplicações em moedas digitais. Além disso, os indícios são de um esquema de pirâmide financeira.

Nesse tipo de golpe, os aportes dos novos investidores são usados para remunerar os membros antigos. O “negócio” se mantém em funcionamento à medida que os membros convidam outras pessoas para participar do esquema. Até que, em determinado momento, a pirâmide torna-se insustentável e “quebra”.

Ainda segundo a PF, a GAS Consultoria tinha o maior número de investidores em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. A região se tornou um reduto para golpes financeiros que prometem altos lucros com investimentos em Bitcoin ou day trade. 

Cabo Frio, em particular, ganhou até o apelido de “Novo Egito”, devido à quantidade de pirâmides na cidade.

“Nos últimos seis anos, a movimentação financeira das empresas envolvidas nas fraudes apresentou cifras bilionárias, sendo certo que aproximadamente 50% dessa movimentação ocorreu nos últimos 12 meses”, informou a PF.

Vida de milionário

Conforme apurou o G1, um registro do Ministério do Trabalho mostra que Glaidson recebia cerca de R$ 800 por mês como garçom até 2014.

No entanto, em fevereiro deste ano, o dono da GAS Consultoria fez uma festa de aniversário esbanjando dinheiro. O evento contou até com um show do cantor João Gabriel.

Já no mês de abril, como noticiado pelo CriptoFácil, a PF apreendeu R$ 7 milhões em um helicóptero em três malas em Búzios, na Região dos Lagos.

Segundo a PF, o dinheiro seria levado para São Paulo por um casal que trabalha para a GAS Consultoria Bitcoin.

Leia também: Valorização do Bitcoin em um ano é uma das menores do mercado de criptomoedas

Leia também: Huobi quer voltar ao Brasil e passa a aceitar depósitos em Reais

Leia também: Day Trader morto no RJ foi vítima de “guerra de território”, suspeita Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.