Cartão Pix será lançado para transações offline por aproximação

Em breve, o já popular meio de pagamento Pix receberá uma nova função para pagamentos offline. Trata-se de um “cartão Pix”, por meio do qual os usuários poderão fazer pagamentos por aproximação.

A novidade foi anunciada nesta quarta-feira (30) pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Durante um webinar realizado pelo escritório Mattos Filho Advogados, o chefe da autoridade monetária forneceu pistas sobre o funcionamento da ferramenta:

“Vai funcionar como um cartão de ônibus, com uma tecnologia supersegura. (…) Você vai poder usar o cartão no mundo offline e, quando você voltar ao mundo online, pode transferir o seu saldo de volta. Vamos em breve oferecer esse produto também”, explicou.

Pix offline por aproximação

Ainda não há detalhes mais aprofundados sobre a ferramenta para pagamentos offline via Pix. Não se sabe, por exemplo, se o serviço se chamará, de fato, cartão Pix, e como funcionará a função na prática. Também não foi informado se haverá limites para esse tipo de uso ou se haverá algum tipo de senha.

No entanto, conforme explicou Campos Neto, a novidade deve ser parecida com os cartões de transporte ou com os cartões habilitados para pagamento por aproximação.

Ou seja, o usuário precisará apenas aproximar o cartão do terminal de pagamento para concluir a transação. Dessa forma, não precisará usar o smartphone e a internet para usar o serviço.

Embora haja diversas questões a serem esclarecidas, novos detalhes devem ser divulgados em breve pelo Bacen. Afinal, o cronograma de implementação do Pix sugere que o Pix offline e o Pix por aproximação serão lançados ainda no quarto trimestre de 2021. Então, é provável que a solução esteja associada a ambas as modalidades.

Além disso, ainda no terceiro trimestre, a autarquia planeja implementar o Pix Saque e o Pix Troco. Conforme noticiou o CriptoFácil, as soluções permitirão a retirada de recursos em espécie.

No caso do Pix Saque, será uma transação exclusivamente para saque. Já o Pix Troco está associado a uma compra ou prestação de serviço.

Pix faz sucesso entre os brasileiros

Lançado oficialmente em outubro do ano passado, o Pix permite pagamentos instantâneos a qualquer hora ou dia por meio das chaves Pix. Elas podem ser CPF/CNPJ, e-mail, número de celular ou uma chave aleatória.

Em pouco tempo, o serviço tornou-se um sucesso entre os brasileiros. No webinar, Campos Neto destacou que o Bacen foi surpreendido pela ampla adesão do Pix.

Segundo ele, 80% das pessoas que possuem conta em banco já utilizam a ferramenta. Ademais, já são mais de 245 milhões de chaves cadastradas e 4,5 milhões de empresas que utilizam o sistema.

Leia também: Ethereum ainda pode valorizar 27% até semana que vem 

Leia também: Alemanha aprova lei que pode injetar R$ 2 trilhões em Bitcoin; entenda

Leia também: Twitter distribui 140 NFTs para usuários da rede social

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.