Cardano pode valorizar 200% enquanto Bitcoin se recupera

Nesta segunda-feira (31), o trader Michaël van de Poppe disse que a Cardano (ADA) pode atingir o valor de US$ 5 nos próximos meses, cerca de R$ 26,21.

O analista também projetou possíveis cenários para o Bitcoin. Atualmente, a maior criptomoeda em valor de mercado vem enfrentando dificuldades para se estabilizar.

Cenário promissor para a Cardano

Depois de alcançar a máxima histórica (ATH) de US$ 2,46 no dia 16 de maio, a Cardano passou por correções junto com o restante do mercado. Atualmente, a ADA está cotada a US$ 1,66, cerca de R$ 8,72.

Apesar do reajuste, a criptomoeda já apresenta indícios de recuperação. Nas últimas 24 horas, um crescimento de 3,38% foi registrado.

Embora não seja o suficiente para confirmar uma reversão de tendência, van de Poppe acredita que a altcoin tem potencial para romper novas zonas de resistência. Segundo o analista, movimentos positivos estão em construção.

“Acho que vamos testar novamente as altas de US$ 2,20, pois estamos construindo uma pressão positiva. […] Se mantivermos essa pressão acima de US$ 1,80, podemos usar a extensão Fibonacci para estabelecer os próximos alvos que podem chegar entre US$ 3,35 e US$ 5”, revelou.

Caso as projeções se concretizem, a Cardano pode valorizar até 201,20% nos próximos meses.

Bitcoin ainda em alta?

As reiteradas “notícias ruins” envolvendo o Bitcoin promoveram grandes oscilações no mercado. Após o anúncio da China proibindo a mineração de BTC no país, o mercado de criptomoedas corrigiu.

Não apenas o BTC demonstrou perdas, como também diversas outras altcoins. Nesse sentido, van de Poppe afirma que o mercado está sob o sentimento de pânico. Tal movimento pode causar uma demora na recuperação do Bitcoin, que alcançou o valor de US$ 65 mil este ano.

Segundo o analista, o BTC encontrou o suporte de US$ 33 mil, mas novos reajustes são esperados. Ou seja, a tendência do mercado ainda é de baixa.

“Há níveis de resistência na faixa de US$ 40,6 mil. Então, encontramos outra difícil resistência em US$ 45 mil, até chegar à próxima zona crítica em US$ 48 mil”, disse.

O trader diz que, antes de testar na zona de US$ 40,6 mil, será necessário ultrapassar de forma convincente os US$ 36,4 mil. No momento de escrita desta matéria, o BTC é negociado a US$ 37.046,76.

Leia também: 3 estratégias que grandes traders de criptomoedas usam

Leia também: Bitcoin exibe sinais de baixa preocupantes, diz Felipe Escudero

Leia também: Clientes da Mt. Gox começam a decidir sobre reembolso hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.