Cardano e Polygon devem recuar antes de saltar até 70%, dizem analistas

As próximas criptomoedas a disparar como a Solana podem ser Polygon (MATIC) e Cardano (ADA). Segundo analistas de mercado, as duas altcoins devem fazer um recuo saudável antes de uma alta de até 70% para MATIC e 40% para ADA.

Vale destacar que, nos últimos 7 dias, ambas as moedas digitais saltaram entre 30% e 40%.

Cardano a US$ 2,80

As previsões otimistas para Cardano são da analista Aiswarya Gopan. Conforme observou, após registrar uma alta de 40% em 7 dias, ADA está passando por uma leve correção.

Nas últimas 24 horas, a 3º maior criptomoeda em valor de mercado recuou 1,5%. Mas não foi só a Cardano que retrocedeu. Bitcoin, Ethereum e Dogecoin também reduziram seu impulso de alta nesta terça-feira (17).

Apesar disso, ADA está conseguindo se manter acima do importante nível psicológico de US$ 2. No momento da escrita, a moeda digital está custando US$ 2,03.

Com relação ao gráfico de preço da criptomoeda, Gopan destacou que, as médias móveis de preço e outros indicadores técnicos indicam alguma pressão de venda no curto prazo. 

Contudo, a longo prazo, os indicadores sugerem um viés de alta entre os investidores. Segundo a analista, isso indica que o preço pode sofrer uma queda temporária antes de subir novamente.

“O preço de Cardano continua confortavelmente acima do ponto pivô em US$ 1,93 e tem um longo caminho a percorrer antes que os compradores encontrem a primeira resistência em US$ 2,48. Uma quebra deste nível pode ver o ADA passar de US$ 2,50 e US$ 2,75, antes de encontrar resistência novamente em US$ 2,79.”

Assim, caso a previsão da analista se confirme, Cardano registrará um salto de quase 40% e chegará a R$ 14,66, na cotação em reais.

Gráfico de preço de Cardano (ADA)

Polygon (MATIC) a US$ 2,40

Assim como a Cardano, Polygon também saltou consideravelmente na última semana (30%) e recuou ligeiramente (0,6%) nas últimas 24 horas. No momento da escrita desta matéria, o token MATIC está sendo negociado a US$ 1,45, equivalente a R$ 7,62.

Além do desempenho similar à ADA, as projeções futuras para ambas as altcoins também coincidem. De acordo com o analista Filip L., o preço de Polygon deve recuar antes de um impulso de alta maior.

Segundo ele, o preço foi rejeitado em US$ 1,57 e está formando um topo duplo com a alta em 17 de junho (US$ 1,51). Agora, os investidores podem realizar lucros em torno deste nível, causando uma correção de curto prazo.

Nesse contexto, a baixa de 15 de agosto em US$ 1,36 está se mantendo como suporte de curto prazo. Mas um recuo de 12% para cerca de US$ 1,25 não está descartado.

“Após a realização do lucro, Polygon deve ter uma nova alta que pode empurrar a ação do preço para além de US$ 1,57, quebrando o topo duplo. Em uma negociação técnica ideal, esse nível deve ser testado, confirmando a manutenção do suporte e fazendo o MATIC empurrar ainda mais para cima em direção a US$ 2”, pontuou.

Finalmente, a conclusão total da negociação, segundo ele, chegaria a US$ 2,40, valor correspondente à alta de 26 de maio.

Neste caso, MATIC registraria um salto de quase 70%, alcançando R$ 12,61 na cotação em reais.

Gráfico de preço de Polygon (MATIC)

Leia também: Ataques de phishing à exchanges de criptomoedas disparam 10x; saiba como se proteger

Leia também: CVM da Espanha autua Huobi e Bybit por operarem sem licença no país

Leia também: Poly Network convida autor de hack histórico para ser chefe de segurança da rede

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.