Braiscompany deverá provar na justiça que não é pirâmide de Bitcoin

Por conta de um processo iniciado pela própria Braiscompany, a empresa que promete ganhos fixos de 15% ao mês com Bitcoin deverá provar que não é uma pirâmide financeira.

Em dezembro de 2020, Tiago Reis acusou a Braiscompany de ser uma pirâmide financeira de Bitcoin. Reis é fundador e analista da Suno Research. A empresa então, segundo uma recente publicação do analista no Instagram, processou a Suno Research pela acusação pública.

Contudo, por meio de uma estratégia usado pelos advogados da Suno Research, agora a empresa de investimentos deverá provar que os rendimentos prometidos são legítimos.

Entenda o caso

Por meio de seu Instagram, Reis exibe um trecho de uma reportagem da Veja, publicada em 11 de junho. Segundo a publicação, a Suno Research foi processada por calúnia, injúria e difamação por dizer que a Braiscompany é uma pirâmide financeira.

Entretanto, foi nesse ponto que o processo se voltou contra a empresa que promete rendimentos pelo “empréstimo” de Bitcoins. Agora, a Braiscompany deverá provar que tem lastro das transações feitas aos seus investidores.

Além disso, uma vez que todas as transações são supostamente feitas pela blockchain do Bitcoin, todas as movimentações dos últimos 12 meses devem ser provadas.

Ou seja, a Braiscompany deverá provar que é capaz de arcar com todos os rendimentos prometidos aos investidores. Ainda, a Suno argumenta que em poucos anos um investidor teria o mesmo PIB dos Estados Unidos.

Embora tenha tentado derrubar a decisão, a empresa que promete rendimentos não obteve sucesso. Quando questionados pela Veja, a Braiscompany e sua defesa não quiseram se manifestar.

Sobre a defesa da empresa, a mesma é feita por um conhecido escritório de advocacia, o Nelson Willians. Casos como a soltura de chefes da Unick, o início de todo o problema com o Grupo Bitcoin Banco e outras empresas que lesaram investidores de criptomoedas já contaram com a participação deste escritório.

Tendo em vista que a Braiscompany já perdeu em primeira e segunda instâncias no que diz respeito a não precisar provar que é uma empresa idônea, é possível que uma revelação sobre as reais operações da empresa seja feita em breve.

Leia também: VeChain pode subir mais que o Bitcoin no curto prazo, diz trader

Leia também: Primeiro ETF de Bitcoin do Brasil estreia daqui 2 semanas

Leia também: Desempenho negativo no preço marca a semana das criptomoedas: confira os destaques

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.