Bitcoin em exchanges atinge menor volume em 6 meses

A plataforma de análise de criptomoedas Santiment informou nesta segunda-feira (5) que a quantidade de Bitcoins mantida nas exchanges atingiu seu menor nível em seis meses. De acordo com a empresa, este é um sinal positivo para o mercado. Afinal, a redução da oferta nas plataformas sugere que não deve haver grandes vendas.

Conforme mostra o gráfico compartilhado pela Santiment, o volume de BTC nas corretoras começou a subir no início de fevereiro.

Em meados de abril, com a valorização do Bitcoin para cerca de US$ 65.000, o volume nas exchanges atingiu um topo. Depois disso, começou a cair, chegando aos patamares de baixa atuais.

Bitcoin

Investidores estão acumulando Bitcoin

Este indicador é importante de ser observado pois ajuda a monitorar a trajetória de preços do Bitcoin no curto a médio prazo. Isso porque quando muitos BTC são movidos para exchanges há o prenúncio de um forte movimento de venda.

Por outro lado, quando os Bitcoins são enviados para carteiras, sugere-se que os investidores estão poupando a criptomoeda sem a intenção de vendê-la no curto prazo.

“A proporção do fornecimento de Bitcoin nas exchanges caiu de forma encorajadora para o seu nível mais baixo desde o início de janeiro. A baixa de 6 meses é um sinal promissor, pois geralmente indica que há uma diminuição do risco de mais vendas importantes de BTC”, disse a Santiment.

Apesar dos dados sugerirem otimismo, isso ainda não se refletiu no preço do Bitcoin. Nas últimas 24 horas, o BTC recuou cerca de 4%. No momento da escrita desta matéria, a criptomoeda líder em valor de mercado está sendo negociada em US$ 34.100. Este valor está 47% abaixo do recorde histórico da criptomoeda de US$ 64.800.

De qualquer forma, os investidores estão aproveitando a queda para ir às compras. Conforme noticiou o CriptoFácil, as chamadas baleias — que detêm entre 100 e 10.000 BTC — compraram 60 mil BTC em 3 dias. Segundo a Santiment, este é o pico mais alto de 2021.

E o preço do Bitcoin? 

De acordo com o analista Hououin Kyouma, embora os sinais sejam positivos, é difícil prever para onde vai o preço do Bitcoin. Afinal, há outros fatores a considerar.

“Uma coisa que indica com certeza é o fato de que não há muito fluxo de entrada nas exchanges. Isso significa que muitos investidores não estão procurando comprar/vender seus Bitcoins. (…) A menor volatilidade do mercado significa que o preço não deve mudar muito”, disse Kyouma.

Segundo analista, não é fácil precisar quando o Bitcoin conseguirá escapar dessa fase de estagnação. Contudo, considerando a taxa de fluxo de fundos, isso pode demorar um pouco.

Leia também: 5 criptomoedas podem disparar 130% em breve; saiba quais são

Leia também: Ethereum ganha solução de escalabilidade sugerida por Big Four

Leia também: MATIC, Cardano e Ethereum Classic podem voltar a subir esta semana 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.