Bitcoin chegará a vários bancos dos EUA em 2021, diz empresa

Nos próximos meses, é possível que o Bitcoin esteja ainda mais acessível para clientes de bancos dos Estados Unidos.

Isso porque a empresa de custódia de criptomoedas NYDIG firmou uma parceria que vai permitir que bancos do país disponibilizem a criptomoeda a seus usuários.

De acordo com uma reportagem desta quarta-feira (5) da CNBC, a parceira da NYDIG no negócio é a companhia de serviços financeiros Fidelity National Information Services (FIS).

Com a iniciativa, clientes de bancos poderão comprar, manter e vender Bitcoin por meio de suas contas existentes. 

Clientes poderão adquirir Bitcoin por contas existentes

Conforme revelou Patrick Sells — chefe de soluções bancárias da NYDIG — à CNBC, centenas de bancos já estão inscritos no programa.

Muitos deles são alguns dos maiores do país, mas também há muitos credores menores interessados no serviço. O banco comunitário Suncrest, que possui sete filiais, é um exemplo disso.

“O que estamos fazendo é tornar mais simples para os americanos comuns e empresas poderem comprar Bitcoin por meio de seus relacionamentos bancários existentes. Se estou usando meu aplicativo móvel para fazer todos os meus serviços bancários, agora posso comprar, vender e manter Bitcoin,” explicou Sells.

Segundo o presidente da NYDIG, Yan Zhao, a iniciativa de oferecer Bitcoins está partindo dos próprios bancos.

Afinal, eles estão vendo muitos de seus clientes de varejo enviarem recursos a exchanges para negociar criptomoedas.

“Não são apenas os bancos pensando que seus clientes querem Bitcoin, eles estão dizendo ‘Precisamos fazer isso, porque vemos os dados’. Eles estão vendo depósitos indo para as Coinbases, Galaxies e Krakens de todo o mundo”, afirmou Zhao.

Oferecer Bitcoin é democratização

O executivo Zhao observou ainda que a maioria das pessoas não pode investir no que os investidores institucionais podem.

Dessa forma, disponibilizar o Bitcoin para compras a partir de US$ 1 é uma forma de empoderar as pessoas:

“Agora você tem um ativo atraente que pode ser adquirido por qualquer pessoa em qualquer valor. Achamos isso muito importante para o empoderamento econômico. ”

A parceria entre as empresas prevê que a fornecedora para bancos FIS será responsável por gerir os links para os credores. A NYDIG, por sua vez, fará a custódia dos Bitcoins e cuidará da execução das negociações.

Ficará a cargo dos bancos determinar quanto cobrarão de seus clientes pelas negociações de Bitcoin.

Para o fundador da MicroStrategy, Michael Saylor, o Bitcoin é fundamental para qualquer banco que deseja permanecer competitivo.

“Dezenas de bilhões de dólares estão deixando instituições que não oferecem BTC produtos apoiados”, comentou ele no Twitter.

Leia também: 5 criptomoedas que podem superar o Bitcoin, segundo famoso analista

Leia também: Coinbase anuncia listagem de novos tokens e preços podem disparar

Leia também: É tarde demais para investir no Ethereum? Especialistas esclarecem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.