Binance lança plataforma para negociações de NFTs

Depois de inserir tokens acionários em sua plataforma, a Binance anunciou uma plataforma para negociar NFTs.

Em comunicado encaminhado ao CriptoFácil, uma das maiores exchanges do mundo revelou nesta terça-feira (27) o marketplace Binance NFT.

Com a expectativa de reunir artistas, criadores e entusiastas da tecnologia blockchain, a plataforma estreia em junho com dois ambientes: Evento Premium e Mercado de Trading.

“Metaverso mais atraente”

Sob a promessa de “criar um metaverso mais atraente com ofertas únicas e colaborações exclusivas”, a Binance NFT planeja liderar o mercado de tokens não fungíveis no futuro.

Segundo a exchange, o marketplace irá compartilhar o mesmo sistema de contas da exchange. Desta forma, usuários da corretora poderão acessar as ofertas de todo o ecossistema.

“Nosso objetivo é oferecer a maior plataforma de negociação de NFT do mundo com a melhor experiência de emissão, compra e troca, através da utilização das soluções rápidas e baratas oferecidas pela infraestrutura de blockchain e comunidade da Binance”, disse a Head da Binance NFT, Helen Hai.

Negociações de NFT

Para atender a públicos distintos, a Binance NFT criou duas categorias em sua plataforma. A primeira levará o artista para coleções “Evento Premium”, onde há curadoria sob uma taxa de 10%.

Já no ambiente “Mercado de Trading”, o usuário pode optar por leiloar ou vender sua obra a um custo mínimo. Esta categoria cobra uma taxa de processamento nominal de 1%.

“E os criadores ou depositantes recebem um pagamento de royalties de 1% para todas as negociações subsequentes”, disse a empresa.

Buscando democratizar o espaço, o CEO da exchange, Changpeng Zhao, informou que os pequenos artistas serão beneficiados com taxas menores.

“A Binance atende milhões de usuários no mundo, muitos dos quais agora poderão acessar o crescente espaço NFT. Em linha com o nosso compromisso global da liberdade do dinheiro e com a construção de um ecossistema inclusivo, o mercado da Binance NFT também apoiará os pequenos criadores, fornecendo a maior liquidez e taxas mais baratas para os usuários.”

Mais uma alternativa ao Ethereum?

A Binance Smart Chain (BSC), rede nativa da exchange, deu ainda mais tração ao setor de finanças descentralizadas nos últimos meses.

A BSC se tornou uma rede na qual aplicações DeFi poderiam ser executadas por baixas taxas. Tal solução contrastou com o que era praticado no Ethereum, onde contratos inteligentes tinham altas taxas de execução.

O mesmo problema afetava os NFTs. Para criar um contrato de leilão, ou até mesmo para o lance vencedor, o problema da taxa do contrato persistia.

Vale ressaltar que as taxas transacionais da rede Ethereum caíram consideravelmente. Entretanto, os valores aplicados na BSC são significativamente mais baixos.

De qualquer forma, é possível que a Binance e sua plataforma para NFTs representem mais uma alternativa ao Ethereum.

Leia também: Facebook pode revelar que detém Bitcoin amanhã, indicam rumores

Leia também: Day traders entram na mira da CVM com aumento da atividade

Leia também: CVM reforça que IQ Option é proibida no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.