Bancor suspende proteção contra perdas e desperta temores sobre liquidez do protocolo

O Bancor, ums dos primeiros protocolos de finanças descentralizadas (DeFi) interrompeu sua função de proteção contra perdas impermanentes (ILP). De acordo com o protocolo, as “condições de mercado hostis” obrigaram o protocolo a tomar esta medida.

Ainda de acordo com o Bancor, a pausa da ILP é uma medida temporária para proteger o protocolo e os usuários. O Bancor prometeu reativar a proteção tão logo as perdas do mercado sejam estabilizadas.

“A medida temporária para pausar a proteção do IL deve dar ao protocolo algum espaço para se recuperar. Enquanto esperamos que os mercados se estabilizem, estamos trabalhando para reativar a proteção o mais rápido possível”, disse o anúncio.

Contudo, o discurso de proteção não caiu bem na comunidade, abalada pelos acontecimentos na Celsius e no Three Arrows Capital. O foco agora mudou para o Bancor e um usuário conhecido como Fully Allocated escreveu um longo fio no Twitter sobre possíveis problemas de liquidez.

O que é perda impermanente

Quando um usuário dá liquidez a um pool de DeFi, seus ativos não permanecem os mesmos. Uma vez que os protocolos pagam rendimentos, a quantidade de tokens tende a aumentar. É o que se chama de “renda passiva” dentro das DeFi.

Conforme o mercado muda, a proporção de seus ativos depositados muda em um momento posterior. Por exemplo, quanto há um momento de baixa, os investidores ficam com mais tokens, mas seu valor total cai.

Se o investidor não suspender a liquidez nem vender os tokens, isso se configura como perda impermanente. Ou seja, o valor dos tokens está menor, mas como não houve venda, não houve prejuízo.

Nesse sentido, a ILP atua como forma de proteger os provedores de liquidez contra esta perda. O protocolo deixa seu token nativo (BNT) em pools e coleta as taxas em forma de rendimentos. Em seguida, o Bancor utiliza as taxas para reembolsar os usuários por qualquer perda temporária.

A função ILP foi introduzida pela primeira vez em 2020 e foi atualizada com mais refinamentos com o lançamento do Bancor 3 na segunda semana de maio deste ano. No entanto, a tendência de queda levou o Bancor a suspender este mecanismo. 

Reclamação e temores

Embora o Bancor espere que a pausa na IRL ajude o protocolo a respirar, muitos na comunidade de criptomoedas ficaram insatisfeitos com a decisão.

Cobie, apresentador do podcast de criptomoedas UpOnly Tv, criticou o Bancor por pausar a ILP quando os provedores de liquidez mais precisam.

Já Hasu, pesquisador de Web3 da Paradigm, alertou que a suspensão pode levar o Bancor a uma “espiral da morte”. E as críticas de Fully Allocated também vieram nesse sentido.

“O Bancor faz parecer que eles estão fazendo isso por precaução, mas estou começando a pensar que eles estão com sérios problemas. A publicação deles é me lembra a situação da Celsius e seus problemas provavelmente são semelhantes/relacionados”, disse.

O usuário coloca duas possibilidades. Primeiro, o Bancor pode ter arcado com muitas proteções contra perdas desde que o mercado começou a sofrer com a volatilidade.

Portanto, o Bancor teria dificuldades para continuar honrando com os compromissos da liquidação.

Segundo, Fully Allocated menciona um trecho do comunicado do Bancor no qual eles apontam “a insolvência de duas grandes entidades centralizadas” como parte dos motivos para cancelar a ILP.

O texto não cita nomes, mas o usuário acredita que sejam a Celsius e a 3AC, que teriam obtido grandes quantidades de BNT. Com os problemas desses protocolos, eles venderam os tokens no mercado, prejudicando as atividades do Bancor.

“Demorou muito, mas os eventos recentes realmente me mostraram o quanto precisamos repensar o design de protocolo, governança e economia de tokens se quisermos realmente demonstrar a promessa das criptomoedas”, concluiu.

Leia também: Solend introduz limite de empréstimos para tentar conter liquidações

Leia também: Preço da Celsius (CEL) sobe 52% apesar de problemas com a rede 

Leia também: Conselho aprova oferta de US$ 44 bilhões de Elon Musk pelo Twitter, mas bilionário aponta pendências

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.