Baleias de Ethereum acumulam maior percentual de ETH desde 2017

Os 10 maiores endereços de Ethereum (ETH) acumulam 20,58% da oferta total da criptomoeda, conforme relatou a Santiment na terça-feira (13). Este percentual é o maior atingido desde maio de 2017 e representa um aumento de 2,12 pontos percentuais nos últimos 41 dias.

Nesse ínterim, o preço da ETH saltou de R$ 716 em maio de 2017 para a máxima de R$ 22 mil, ou seja,  uma alta de 3.072% em quatro anos. De acordo com a Santiment, o aumento recente indica o início de mais uma fase de acumulação na criptomoeda.

Acumulação dos dez maiores endereços de ETH. Fonte: Santiment.

Acumulação pós-venda

De fato, os dados apurados mostram um ciclo de venda e acumulação claros. A princípio, os investidores tiveram grandes lucros quando a ETH chegou na máxima histórica em maio deste ano. Em seguida, as baleias começaram a vender parte do capital e realizar lucros

Na época, parte dos grandes endereços haviam vendido algumas porções. Com isso, a participação deles caiu e chegou a 18,46% de todos os ETH em circulação. No entanto, o preço registrou fortes quedas e as oportunidades de compra surgiram.

Conforme relatou o CriptoFácil, o mês de maio foi particularmente agitado e as baleias movimentaram cerca de R$ 10 bilhões em apenas quatro dias. A grande maioria dessa movimentação envolveu a retirada de ETH das exchanges.

Exchanges perdem reservas de ETH

Ao passo que acumulam ETH, as baleias também retiram suas criptomoedas de circulação e reduzem a oferta de exchanges. Dados da CryptoQuanto revelam que as retiradas de ETH superaram os depósitos nas últimas semanas.

Uma maior retirada significa menos ETH disponíveis para negociação e, consequentemente, uma menor oferta. Caso a demanda permaneça estável ou aumente, o preço tende a aumentar também.

Fluxo de ETH nas exchanges. Fonte: CryptoQuant.

Por fim, o número de depósitos no Ethereum 2.0 (ETH 2.0) disparou, indicando mais um sinal de alta. De 100 mil ETH no final de junho, a rede agora possui mais de seis milhões de ETH alocados. Em reais, o valor corresponde a R$ 60 bilhões na cotação atual.

A alocação na ETH 2.0 é alvo de investidores que buscam renda passiva através da mineração PoS. Por sua vez, esse sistema incentiva a poupança de tokens e fornece ganhos maiores a quem tem mais capital e, logo, estimula os grandes investidores a manterem seus ETH.

Com mais ETH alocados em PoS e menos disponíveis para negociação, a criptomoeda pode voltar a buscar novas valorizações. O preço da ETH opera em alta de 2,53% nesta quarta-feira (14), valendo R$ 10.150.

Leia também: Ataques com malwares fazem preços de criptomoedas subir, revela pesquisa

Leia também: 5 criptomoedas que atingiram o fundo e agora subirão, segundo analista

Leia também: Brasil aprova primeiro ETF 100% em Ethereum da América Latina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.